Carros

Estados Unidos fecham 2011 com fortes vendas de veículos

Da Reuters

04/01/2012 15h14

As montadoras fecharam 2011 com fortes vendas nos Estados Unidos mas preveem menor crescimento em 2012, tendo em vista que a lenta recuperação da economia deve continuar.

As vendas da General Motors em dezembro subiram 5%, e as da Ford e Chrysler saltaram 10% e 37%, respectivamente.

As vendas de novos veículos nos EUA são um indicador prévio dos gastos dos consumidores em cada mês, e o país é o segundo maior mercado automotivo do mundo depois da China.

A indústria automotiva dos EUA deve fechar 2011 com cerca de 12,8 milhões de unidades vendidas, o que significaria um aumento de 10% em relação a 2010. No entanto, GM, Ford e Volkswagen, que reportou um ganho de 36% em dezembro, previram que o crescimento será a um ritmo mais lento.

GM e Volkswagen estimaram que as vendas nos EUA em 2012 ficarão entre 13,5 milhões e 14 milhões de veículos, o que significa um crescimento entre 5% e 9%. A Ford previu uma faixa de 13,2 milhões a 14,2 milhões, excluindo caminhões médios e pesados.

A consultoria TrueCar.com previu que as vendas nos EUA alcançarão 14 milhões em 2012.

Isso é muito menos que a média anual de quase 17 milhões nos EUA nos dez anos até 2007. Em 2008, a recessão começou a se estabilizar e um ano depois GM e Chrysler entraram com pedido de concordata.

"Ao longo do quarto trimestre de 2011, vieram à tona claros sinais de que os consumidores norte-americanos estão confiantes e que outras bases de nossa economia estão estáveis ou melhorando aos poucos", afirmou o diretor de vendas da GM nos EUA, Don Johnson, em comunicado.

"Agora está claro que as vendas de veículos devem continuar a crescer em 2012, se não houver um choque no sistema", acrescentou.

Os números da Ford foram beneficiados pelas maiores vendas a varejo desde 2005.

As vendas da Chrysler fecharam o ano em alta de 26%, e a montadora disse que ganhou 1,3% de participação de mercado.

Já as vendas da Nissan nos EUA cresceram 7,7% em dezembro.

As vendas anualizadas para dezembro, de acordo com uma pesquisa da Thomson Reuters com 30 analistas, devem crescer 9% sobre um ano antes, para 13,6 milhões de veículos, acima dos 13 milhões pelo o quarto mês seguido. Em dezembro de 2010, as vendas fecharam a 12,5 milhões de veículos. (por Ben Klayman, Bernie Woodall e Kevin Krolicki)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo