Topo

Carros

Vendas de automóveis nos EUA crescem com aumento de confiança

Por Deepa Seetharaman e Bernie Woodall

Da Reuters

01/12/2011 16h21

As vendas de automóveis cresceram fortemente nos Estados Unidos em novembro, à medida que norte-americanos mais confiantes gastam mais, estendendo uma tendência de recuperação para a indústria pelo sexto mês.

Chrysler Group, Nissan Motor e Volkswagen AG apresentaram ganhos de dois dígitos em novembro nas vendas nos Estados Unidos, colocando toda a indústria no caminho certo para o maior nível em mais de dois anos.

As vendas da Chrysler subiram 45%, o maior ganho este ano para a companhia, que é de propriedade da Fiat. Já a Volkswagen AG, a nona montadora no mercado dos Estados Unidos, cresceu quase 41%. A Nissan, a sexta no mercado, apresentou um aumento de 19%.

A General Motors apresentou alta de 7% nas vendas em novembro, impulsionada pela venda de picapes, vans e SUVs. No entanto, o registro ficou aquém das expectativas dos analistas. As quatro montadoras foram as primeiras a apresentar os dados mensais de vendas nos Estados Unidos.

Analistas previram vendas da indústria de 13,4 milhões de veículos no mês. Isso traria a maior taxa anualizada desde agosto de 2009. Se as projeções se mantiverem, novembro seria também o terceiro mês consecutivo em que as vendas anualizadas ultrapassaram o nível de 13 milhões.

"Estamos vendo um amplo espectro de consumidores que estão retornando ao mercado", afirmou o chefe de vendas da GM, Don Johnson, em comunicado. As vendas de automóveis nos Estados Unidos apresentam tendência de alta desde junho, apesar do ainda fraco nível de emprego e do setor imobiliário.

Jonathan Browning, presidente da Volkswagen nos Estados Unidos, disse que as vendas estão sendo impulsionadas pelo aumento da confiança do consumidor, baixas taxas de juros e maiores preços dos carros usados.

Mais Carros