Carros

Presidente-executivo da Hyundai renuncia

30/09/2011 07h09

SEUL (Reuters) - O presidente-executivo da Hyundai Motor, Steve Yang, renunciou ao cargo por motivos pessoais e os diretores de vendas nacionais e internacionais vão dividir o papel dele, anunciou nesta sexta-feira um porta-voz da companhia.

Durante a gestão de Yang, a Hyundai se tornou uma das maiores ameaças para as montadoras globais nos últimos anos, aumentando as vendas e ganhando mercado mesmo durante a crise financeira mundial.

Yank chegou ao mais alto cargo no quinto maior grupo automotivo, incluindo a Kia Motors, no começo de 2009. Foi um dos três presidentes-executivos da Hyundai ao lado do presidente de conselho e membro da família fundadora Chung Mong-koo.

Kim Choong-ho e Kim Seung-tack cuidarão dos negócios nacionais e internacionais, respectivamente, e o conselho da Hyundai escolherá um novo presidente-executivo mais tarde, afirmou o porta-voz.

As ações da Hyundai acumulam valorização de 21 por cento neste ano, muito acima do índice de referência da bolsa sul-coreana Kospi e do desempenho dos papeis da maioria dos concorrentes globais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo