Carros

Fiat confirma fábrica em PE para fazer 'carro regional'

Com Redação

Em Recife (PE) e São Paulo (SP)

14/12/2010 01h06Atualizada em 14/12/2010 01h21

A fábrica que a Fiat instalará em Pernambuco será construída na cidade portuária de Suape, e terá capacidade de produzir 200 mil veículos por ano, informou a montadora nesta segunda-feira (13) após jantar oferecido pelo governo do Estado a executivos da companhia.

A futura unidade deve ficar pronta em três anos e produzirá um novo carro, ainda a ser desenvolvido pela Fiat, que terá como público-alvo os consumidores das regiões Norte e Nordeste -- caso isso se confirme, será um dos primeiros -- senão o primeiro -- modelo "regionalizado" da indústria automotiva pelo menos após a abertura do mercado às importações, ocorrida durante o governo de Fernando Collor de Mello (1990-1992).

A localização da futura unidade também pode ser considerada estratégica para exportações -- e até importações em regime de CKD (carros desmontados) -- devido ao porto local, que faz parte do Complexo Industrial Portuário Governador Eraldo Gueiros. O investimento total da Fiat seria, de acordo com uma fonte que pediu para não ter o nome revelado, de R$ 3 bilhões a R$ 5 bilhões. A capacidade de produção da unidade pernambucana será similar à da fábrica da Fiat na cidade argentina de Córdoba.

Além da construção de uma nova fábrica em Pernambuco, a montadora italiana também pretende expandir sua unidade em Betim, em Minas Gerais, em mais 150 mil veículos por ano. Atualmente essa fábrica entrega 800 mil veículos a cada ano. No Paraná, a FPT (Fiat Powertrain Technologies) produz a família de motores E-torq.

O projeto da fábrica em Suape será formalmente anunciado nesta terça-feira (14), durante evento com a participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na cidade de Salgueiro, a 515 km da capital do Estado, Recife. No próximo dia 29, Lula deve ir a Suape para cerimônia de inauguração da pedra fundamental da fábrica da Fiat. O governador pernambucano é Eduardo Campos, do PSB, aliado da presidente eleita Dilma Rousseff e reeleito para novo mandato ainda no primeiro turno, com mais de 80% dos votos.

R$ 10 BILHÕES
O investimento na fábrica de Suape faz parte de um pacote de R$ 10 bilhões a serem injetados pela Fiat -- atual líder de mercado -- no Brasil entre 2011 e 2015 (contra R$ 6 bilhões no biênio 2008-2010). Segundo executivos da marca afirmaram no lançamento do Bravo, no final de novembro, no ano que vem serão colocados no mercado brasileiro 20 novidades -- número que inclui versões de carros já existentes e reestilizações. Entre os lançamentos deve estar a nova geração do hatch Palio.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo