Carros

Produção de veículos cresce 5,5% em outubro; vendas caem

ALBERTO ALERIGI JR.

08/11/2010 13h34

A indústria brasileira produziu 321,8 mil veículos em outubro, alta de 5,5 por cento sobre setembro e expansão de 1,5 por cento na comparação com um ano antes, informou nesta segunda-feira a associação de montadoras, Anfavea.

No acumulado dos dez primeiros meses do ano, o Brasil registra produção de 3,04 milhões de veículos, crescimento de 15,3 por cento sobre o mesmo período de 2009.

Já as vendas somaram 303,2 mil veículos em outubro, queda de 1,3 por cento na comparação mensal, mas alta de 3 por cento ante o mesmo mês de 2009.

Os emplacamentos desde janeiro até outubro somam 2,81 milhões de unidades, crescimento de 8 por cento na relação anual.

No início de outubro, a Anfavea elevou sua projeção de produção de veículos no país de 3,4 milhões para o recorde de 3,6 milhões em 2010, alta de 13,1 por cento sobre 2009. A estimativa para vendas permaneceu em 3,4 milhões de veículos, crescimento de 8,2 por cento, e de exportações passou de 620 mil para 750 mil unidades, salto de 57,9 por cento.

Em outubro, as vendas externas subiram 11,6 por cento sobre setembro e avançaram 50,3 por cento na comparação com outubro do ano passado, para 1,32 bilhão de dólares. Em unidades, as exportações somaram 78,072 mil veículos no mês passado, crescimento de 6,8 por cento no mês e de 61,1 por cento na relação anual.

Já as importações, que se aproveitam de um ambiente de real valorizado que tem incentivado vendas de marcas asiáticas no mercado interno, saltaram 2,9 por cento no mês passado sobre setembro, para 59,220 mil unidades.

A Fiat registrou vendas de 62,946 mil automóveis e comerciais leves em outubro, recuo de 5,8 por cento sobre setembro. A Volkswagen vendeu 61,351 mil unidades no mês passado, alta de 2,2 por cento contra o anterior.

Já a General Motors comercializou 55,910 mil automóveis e comerciais leves em outubro, queda de 5,2 por cento mês a mês.

A Ford apurou vendas de 29,474 mil unidades, expansão de 8,6 por cento ante o mês anterior.

As vendas de caminhões, isoladamente, somaram 13,516 mil unidades em outubro, crescimento de 2,2 por cento sobre setembro, enquanto as de caminhões pesados foram de 4,362 mil em outubro, alta de 6,4 por cento sobre setembro.

Enquanto isso, a produção de caminhões caiu 0,8 por cento sobre setembro, para 16,422 mil unidades, e a de caminhões pesados cedeu 0,3 por cento na mesma base de comparação, para 5,303 mil.

A Volvo registrou vendas de 915 caminhões pesados em outubro, ante 914 em setembro. Scania teve vendas de 1,351 mil unidades, contra 1,402 mil no mês anterior. Mercedes-Benz registrou 1,116 mil licenciamentos de caminhões pesados no mês passado, sobre 1,383 mil em setembro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo