Carros

Toyota atribui alguns casos de aceleração a erro de motoristas

Por Chang-Ran Kim e John Crawley

Em Tóquio (Japão) e Washington (EUA)

14/07/2010 09h47

A Toyota afirmou nesta quarta-feira (14) que sua investigação de quase 2 mil casos de aceleração indesejada não encontrou qualquer problema no sistema eletrônico dos veículos e que erro dos motoristas foi responsável por alguns casos.

A maior montadora do mundo fez o anúncio após o "Wall Street Journal" publicar que resultados iniciais da análise do governo dos Estados Unidos de dezenas de gravadores de dados de veículos Toyota sugerem que alguns motoristas podem ter cometido erro nos casos de aceleração repentina.

Citando pessoas próximas dos resultados dos testes do Departamento dos Transportes dos EUA, o jornal afirmou que alguns motoristas que disseram que seus carros Toyota ou Lexus ficaram sem controle podem ter pisado no acelerador quando pretendiam acionar o freio.

O departamento não confirmou a informação publicada pelo jornal.

A Toyota informou que a agência de segurança de tráfego em rodovias dos EUA (NHTSA) não divulgou detalhes dos testes para a empresa. A agência afirmou que a Toyota também concluiu que em alguns casos houve "acionamento equivocado de pedal".

A montadora forneceu 10 gravadores à agência e quatro aparelhos às autoridades canadenses, além de todas as descobertas de 2 mil inspeções internas, afirmou o porta-voz da empresa, Mike Michels.

Autoridades dos EUA investigam se há problemas com o sistema de aceleração eletrônico da Toyota e se qualquer falha pode ter participação em casos de queixas de aceleração não intencional. Pelo menos 89 mortes registradas desde 2000 podem estar relacionadas à aceleração indesejada em veículos da montadora.

A Toyota afirma que o sistema de aceleração é seguro e que os casos de velocidade indesejada devem-se a tapetes que podem acabar prendendo o pedal do acelerador e a pedais que podem não retornar à maneira como foram projetados.

Esses equipamentos e problemas mecânicos estão por trás do recall mundial de mais de 8 milhões de carros Toyota e Lexus em outubro de 2009 e janeiro deste ano por aceleração indesejada.

A Toyota enfrenta potencial responsabilidade civil estimada em mais de US$ 10 bilhões por conta de processos abertos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo