Carros

Metalúrgicos de Renault-Nissan e Volvo encerram greve no PR

Em São Paulo

20/05/2010 10h38

Metalúrgicos da Renault-Nissan e da Volvo no Paraná encerraram paralisações depois de alcançarem acordos com as empresas sobre pagamento de participação nos lucros. Na Renault, que estava parada desde a última sexta-feira, trabalhadores aceitaram participação nos resultados de R$ 9 mil, com valor mínimo garantido de R$ 7,5 mil e pagamento de uma primeira parcela de R$ 4,7 mil ainda este mês, de acordo com comunicado do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba.

O valor total do pagamento representa uma alta de 89,5% em relação à participação nos resultados do ano passado, afirma a entidade.

Na montadora sueca, que no Brasil fabrica veículos pesados, a greve havia começado na terça-feira passada. O acordo acertado foi de uma participação mínima nos lucros de R$ 9 mil para cada trabalhador, com primeira parcela de R$ 5 mil sendo paga este mês. O valor total mínimo acordado por empresa e trabalhadores é 65% maior que o do ano passado, diz o sindicato.

Os metalúrgicos da Volkswagen no Paraná aceitaram um aumento de 27% na primeira parcela do bônus, para R$ 3.800, de acordo com a entidade. A negociação sobre a segunda parcela ficou para o segundo semestre, e a reivindicação dos trabalhadores é que o valor fique no mesmo patamar acertado com Renault e Volvo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo