Topo

Carros elétricos


Toyota e Hyundai param venda de elétricos na Noruega após explosão de posto

Siga o UOL Carros no

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-06-12T09:35:51

12/06/2019 09h35

Resumo da notícia

  • Toyota e Hyundai paralisam vendas de elétricos a hidrogênio na Noruega
  • Posto de recarga de hidrogênio foi aberto em 2016
  • Ninguém ficou ferido na explosão

Uma estação de abastecimento de hidrogênio localizada em Sandvika (Noruega) explodiu no início desta semana. Como consequência prática, Toyota e Hyundai decidiram suspender a venda de seus FCV (veículos elétricos a célula de hidrogênio) no país.

A explosão do local levou ao isolamento no raio de 500 metros, mas ninguém ficou ferido em decorrência o acidente -- a estação estava vazia, segundo o site local NRK. Duas pessoas que estavam em carros próximos, porém, foram hospitalizadas devido à onda de choque provocada pela explosão, que fez com que os airbags dos veículos disparassem.

A Nel, empresa que operava a estação de abastecimento da marca Uno-X, fechou seus postos na Noruega e na Dinamarca como medida preventiva e pelo fato de ainda não saber as causas do acidente.

Vendas paralisadas

Em comunicado, o diretor da Toyota na Noruega, Espen Olson, disse que a falta de postos de abastecimento de hidrogênio no país faz não ser prático continuar vendendo o Mirai enquanto o problema não for solucionado.

"Nós paramos a venda (de carros) até que tenhamos entendido o que aconteceu, e por razões práticas, já que não é possível abastecer agora", afirmou o executivo.

A Hyundai, que é parceira da Toyota no desenvolvimento atual de carros FCV, também decidiu paralisar as entregas de seu crossover elétrico a célula de combustível por ora. UOL Carros observou o Nexo na última semana. A fabricante estuda achar alguma forma de trazer o modelo para testes no Brasil.

Em acordo com a Uno-X, a Nel planeja ter 20 estações de abastecimento de hidrogênio na Noruega em 2020.

Veja as primeiras impressões do Hyundai Nexo

UOL Carros

Mais Carros elétricos