Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

Ford Fusion vai sobreviver no Brasil? Executivo comenta destino do sedã

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-06-11T15:58:22

11/06/2019 15h58

Resumo da notícia

  • Ford do Brasil já estuda modelo 2020
  • Fusion 2019 começou a ser vendido em fevereiro no país
  • EUA já apontaram aposentadoria no próximo ano

Seguindo os planos de enxugamento da linha iniciado em 2018, a Ford do Brasil aposentou oficialmente o Fiesta após 24 anos de mercado. Há um mês, a Ford da Argentina havia encerrado a produção do médio Focus. O martelo está batido para estes dois modelos e não há mais nada que possa ser feito, para tristeza dos fãs. Mas e como fica a situação do sedã executivo Ford Fusion.

Nesta semana, a matriz deu sinais de que vai parar de produzi-lo em 2020. Mas o mercado brasileiro tem um timing diferente: no geral, o Fusion mexicano vendido no Brasil opera com cronograma "atrasado" em janela que vai de um a dois anos.

Assim, o Fusion 2019 foi lançado no Brasil apenas este ano, trazendo visual atualizado, mais equipamentos e preço a partir de R$ 149.900. Neste cenário, até quando o modelo teria sobrevida no Brasil? Vale a pena investir na compra deste modelo zero-quilômetro neste momento ou a Ford do Brasil pode ter de adotar o cronograma norte-americano, tirando o sedã do mercado já na próxima temporada?

Segundo o diretor de marketing de produto da Ford, Maurício Greco "nada muda" no ciclo do Fusion para o Brasil por enquanto. O executivo aponta que a Ford local está trabalhando, inclusive, para definição de como será a linha 2020 do modelo.

Essa afirmação foi feita durante evento para apresentação da nova linha da picape média Ranger, sobre a qual UOL Carros falará oportunamente.

Tudo pode mudar rapidamente

Há um "porém" na história, entretanto. "Se sair alguma decisão lá fora, vamos seguir", apontou Greco. Ou seja, a matriz pode muito bem determinar que o ciclo global de algum modelo precisa ser encerrado no mundo inteiro de forma precisa, mexendo até mesmo nos planejamentos locais.

Como se sabe, a Ford está mudando o foco de sua linha em todo mundo, visando modelos mais lucrativos -- caso de SUVs e picapes -- e novas tecnologias -- autônomos e eletrificação. Até mesmo para a América do Sul já há um planejamento do reforço da linha de SUVs em detrimento de hatches e sedãs.

Modelos como nova geração do norte-americano Escape, do chinês Territory e até de uma inédita picape intermediária já estão com planejamento iniciado visando nossa região.

Mais Seu Automóvel