Topo

Testes e lançamentos


Avaliação: Volkswagen Polo Beats com "sonzeira" de 300W vale os R$ 83.500?

Siga o UOL Carros no

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-06-11T07:00:00

11/06/2019 07h00

Resumo da notícia

  • Volkswagen inicia onda de carro pequeno com som de grife
  • UOL Carros levou modelo a oficina de som
  • Sistema Beats Audio tem potência de 300W
  • Falou alto: boa faixa de equalização geral
  • Soou mal: subwoofer "tímido" escondido no porta-malas

UOL Carros avisou ainda durante o Salão do Automóvel de São Paulo que 2019 seria o ano do carro pequeno com som premium de série. E cá estamos nós testando o Volkswagen Polo da série que vem com sistema de som de 300 watts de potência da Beats Audio.

Vale a pena pagar de R$ 73.500 a R$ 83,500 -- dependendo da configuração -- por este Polo Beats? Cada um tem sua preferência, quando o assunto é som, mas resolvemos levar a uma oficina especializada, que fornece soluções e instalações não apenas a particulares, mas também a frotistas.

Divulgação
Rodas de liga Razor, LED no para-choque e capas de retrovisor deixam Polo Beats estiloso Imagem: Divulgação

O que o Polo Beats traz

Seguindo a estrada aberta pelos carros de luxo, o segmento mais popular do mercado vai começar a receber soluções de grifes como JBL (que já equipa modelos médios da General Motors e Nissan, por exemplo), Bose (Renault e novamente Nissan) e B&O Play (submarca da Bang & Olufsen, mirando Ford). No caso do Volkwagen Polo, porém, temos a Beats Audio, solução que já esteve em modelo da rival Fiat, por exemplo.

No Polo, a série Beats surge como pacote opcional: por R$ 2.970 extras, equipa o carro da versão Comfortline (que parte de R$ 73.450); já a versão Highline (que começa em R$ 78.180) ganha o complemento por R$ 2.360.

Sim, o pacote da versão mais barata é mais caro que o pacote da versão mais cara. A explicação está na equiparação do visual: o Polo Comfortline troca a roda de aro 15 polegadas pela de aro 16 -- que é de série no Highline.

Em termos de preparação, o pacote Beats inclui emblemas laterais e de soleira; capa vermelha para retrovisores e para o painel do carro; e o próprio sistema de som com 300W, amplificador de oito canais, quatro alto-falantes, dois tweeters e mais o subwoofer, que você não vai enxergar, porque foi posicionado ("escondido" seria o melhor termo) dentro do revestimento do porta-malas.

UOL Carros testou um carro ainda mais completo. Da versão Highline, trouxe o pacote Beats, mas também acrescentou o kit "High Tech" (R$ 4.230 por painel digital, tela central mais avançada "Discovery Media" de 8 polegadas, sistema de navegação, sensor de estacionamento e câmera de ré, antena, retrovisor anti-ofuscante, faróis automáticos e com LED diurno, detector de fadiga e sensores de chuva e de luz) e mais roda "Razor" (de 17 polegadas, a R$ 1.070).

Na soma final, temos um hatch compacto com visual quase imbatível, mas que chega aos R$ 83.480.

Divulgação
Polo de R$ 83.500 combina visual vermelho com painel digital e tela central de alta definição Imagem: Divulgação

FICHA TÉCNICA

Volkswagen Polo 200 TSI Beats
Motor: 1.0 flex, 3 cilindros
Potência: 128/115 cv (etanol/gasolina)
Torque: 20,4 kgfm (etanol/gasolina)
Câmbio: 6 AT
Velocidade máxima: 192 km/h
0-100 km/h: 9,6 s
Dimensões: 4,05 m (comprimento), 2,56 m (entre-eixos)
Porta-malas: 300 litros
Preço Comfortline: R$ 73.450 a R$ 76.645
Preço Highline : R$ 78.180 a R$ 83.480
IPVA: R$ 2.834
Seguro: R$ 3.613
Revisão: R$ 3.169 até 60 mil km
Garantia: 3 anos

Mais Testes e lançamentos