Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

Antes da Renault, FCA cogitou fusão com a Ford

Ivan Ribeiro/Folhapress
Comparativo entre os modelos Fiat Uno Way e Ford Ka Trail Imagem: Ivan Ribeiro/Folhapress

Da ANSA

Em Nova York (EUA)

2019-06-11T19:23:28

11/06/2019 19h23

Antes de propor uma fusão com a Renault, a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) conversou sobre uma possível união com a Ford.

A informação foi revelada pelo presidente do conselho de administração da montadora americana, Bill Ford, em entrevista ao semanal Automotive News.

Segundo o executivo, as conversas ocorreram ainda sob a gestão do então CEO da FCA, Sergio Marchionne, morto em julho de 2018.

"Eu e Sergio tivemos diversos jantares falando sobre isso e avaliando se Ford e FCA caminhariam bem juntas", disse Ford.

Ele acrescentou, no entanto, que as tratativas não levaram a lugar algum. "O momento não era o ideal", afirmou. A Fiat Chrysler propôs uma fusão 50-50 com a Renault, mas as negociações esbarraram no governo da França, que tem 15% das ações da montadora.

O país pediu mais tempo para avaliar a oferta, que acabou sendo retirada pelo grupo ítalo-americano. O governo francês, contudo, não descarta reabrir as tratativas.

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Mais Seu Automóvel