Topo

Cultura do carro


Conheça a advogada que trocou o direito pelos carros preparados

Paula Mascari/acervo pessoal
Paula comprou um Voyage e está fazendo um curso de mecânica para turbinar o carro Imagem: Paula Mascari/acervo pessoal

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-06-08T07:00:00

08/06/2019 07h00

Resumo da notícia

  • Paula Mascari hoje se dedica aos carros, paixão que cultiva desde pequena
  • Ela comprou até um Voyage e pretende turbiná-lo com as próprias mãos
  • Feliz com a repercussão nas redes sociais, Paula incentiva outros a buscar seus sonhos

Seguir uma carreira de sucesso na advocacia é o sonho de muitos estudantes de direito. Mas isso não fazia Paula Mascari feliz. Tanto é que após uma década frequentando tribunais ela tomou coragem e mudou de vida para seguir sua verdadeira paixão.

"Meu sonho sempre foi ser mecânica, mas era bem difícil ver uma mulher nesta área há 19 anos. Escolhi direito porque meus pais queriam que fizesse uma faculdade e atuei na área por 10 anos. Até fiz pós-graduação, mas nunca fui feliz profissionalmente. Foi só quando tive uma crise de estresse que vi que não era feliz. Então me matriculei em um curso de mecânica automotiva e desde então me dedico à minha evolução como mecânica", conta Paula, que mantém um perfil no Instagram e um canal no YouTube.

Foi um caminho natural para a menina que preferia os carrinhos em vez das bonecas desde pequena.

"Sou apaixonada por carros desde os 6 anos. Lembro que meu pai foi viajar para os EUA e pedi para que ele me trouxesse um Corvette pink da Barbie! Não fui influenciada por ninguém, esse amor já nasceu comigo", conta.

Botando a mão na massa

Paula Mascari/acervo pessoal
Aluna de um curso de mecânica, Paula faz a própria manutenção de seus carros Imagem: Paula Mascari/acervo pessoal

Além de se matricular em um curso especializado em mecânica, Paula abriu um canal no YouTube para compartilhar suas histórias e comprou um carro para botar suas lições na prática -- e já com "segundas intenções" em mente.

"Sempre sonhei em ter um carro turbinado e comprei um Voyage GL 1.8 92/93. Os 'quadrados' (apelidos dado aos modelos da VW dos anos 80 e 90) marcaram muito minha adolescência. Ele ainda está todo original, mas já começamos a desmontagem do motor para turbinar -- e eu mesma vou fazer toda a preparação", diz Paula, que terá o suporte da Escola do Mecânico, onde estuda atualmente.

Enquanto não inicia a preparação de seu xodó (que ganhou até nome, Gambi), Paula faz e registra pequenas alterações em seus carros. Além do Voyage, ela tem um Ford Ka 1.0 quase todo original ("só tem filtro esportivo") que utiliza como carro de dia-a-dia. Mas Paula confessa que ele também pode ser "envenenado" em breve.

"Levei meu Ka para um 'track day' no mesmo dia em que fiz o curso de pilotagem de competição. Agora estou com vontade de fazer umas maldades nele também."

Exemplo para futuras mecânicas

Paula Mascari/arquivo pessoal
Até apelido o Voyage de Paula ganhou: Gambi Imagem: Paula Mascari/arquivo pessoal

O poder das redes sociais já transformou Paula em celebridade, especialmente nos encontros de carros em que costuma frequentar. Até agora ela diz receber muito apoio de seus seguidores.

"Surpreendentemente tenho recebido muitos elogios e mensagens de motivação, tanto de homens como de mulheres".

O assédio masculino também é grande, mas Paula leva na esportiva. "Dos homens o mais comum são as cantadas, como 'vem arrumar meu carro', ou 'eu cozinho e lavo a louça enquanto você arruma meu carro' e coisas do gênero", diz, aos risos.

Paula Mascari/acervo pessoal
Paula dirigiu 600 km para buscar seu Voyage Imagem: Paula Mascari/acervo pessoal

Porém, o que deixa Paula feliz é a reação de outras mulheres.

"Muitas delas dizem que também amam esse mundo e me perguntam sobre o curso de mecânica. Recebo muitas mensagens de gente que me agradece e diz que se motivaram a correr atrás dos sonhos ao descobrirem minha história. Isso me motiva e me dá força para buscar meus sonhos e provar que todos podemos ser ou alcançar o que quisermos. Basta não desistir".

Mais Cultura do carro