Topo

Testes e lançamentos


Toyota anuncia nesta quarta o novo Corolla, primeiro híbrido flex do mundo

Ricardo Ribeiro/UOL
Novo Corolla utiliza base mecânica e estrutural do Prius, que já tem protótipo flex Imagem: Ricardo Ribeiro/UOL

Do UOL, em São Paulo

2019-04-16T16:38:29

16/04/2019 16h38

A Toyota irá anunciar oficialmente nesta quarta-feira (17), a partir das 11h de Brasília, qual será o primeiro veículo híbrido flex do mundo, com produção nacional. Embora a marca não confirme, UOL Carros já tinha antecipado: será a nova geração do Corolla, recentemente lançada na Europa e nos Estados Unidos e que pela primeira vez traz tração híbrida -- a diferença é que, nesses mercados, o motor a combustão é abastecido com gasolina.

Em comunicado, a montadora de origem japonesa informa que o novo produto, que poderá ser abastecido tanto com etanol quanto com gasolina, e também contará com a ajuda de um motor elétrico, é resultante de desenvolvimento conjunto das engenharias da Toyota do Brasil e do Japão.

O anúncio será feito durante cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, com transmissão ao vivo pelas redes sociais, informa a Toyota.

O novo Corolla, de 12ª geração, tem lançamento no Brasil previsto para outubro. Manterá produção na fábrica de Indaiatuba, no interior paulista -- a unidade fabril está em processo de modernização, com investimento de R$ 1 bilhão, anunciado no fim de setembro do ano passado. O sedã terá construção sobre a plataforma global modular TNGA, a mesma utilizada no Prius.

Uma unidade do Prius, aliás, foi adaptada com tecnologia flex e deu origem ao primeiro protótipo híbrido flex do planeta, como parte do desenvolvimento do Corolla híbrido bicombustível.

No caso do Corolla, a configuração híbrida vai usar o mesmo conjunto do Prius: motor 1.8 de ciclo Atkinson, convertido para flex, e outro elétrico, gerenciados por transmissão CVT. No caso, as baterias do motor elétrico não são recarregadas em uma tomada e sim com a própria movimentação do veículo, incluindo frenagens e desacelerações.

No Prius padrão, abastecido com gasolina e vendido aqui importado do Japão, a potência combinada é de 123 cv, que de fato não é muito. Porém, o destaque fica por conta do baixo consumo de combustível. O Prius é classificado pelo Inmetro como o carro mais econômico do Brasil e, em avaliação feita pela reportagem, obtivemos média de 17,5 km/l. Resta saber como serão os números com etanol no Corolla híbrido, que irá conviver, como opção topo de linha, com versões de propulsão convencional.

Mais Testes e lançamentos