Topo

Testes e lançamentos


Fiat Grand Siena Tetrafuel de volta? Sedã vai retomar kit GNV, diz jornal

Divulgação
Fiat Grand Siena Tetrafuel saiu de linha no fim de 2016, após 10 anos de mercado Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-04-13T16:24:07

13/04/2019 16h24

Resumo da notícia

  • Informação é do jornal mineiro "O Tempo"
  • Versão que aceita 4 tipos de combustível saiu de linha no fim de 2016
  • Anúncio deve ocorrer já neste mês
  • Estados isentam IPVA ou dão outros benefícios a veículos GNV
  • Gás natural veicular, porém, está mais caro

De acordo com o jornal "O Tempo", a Fiat voltará a oferecer o Grand Siena preparado para abastecimento com quatro tipos de combustível. Essa tecnologia esteve disponível na versão Tetrafuel do sedã, vendida entre 2006, quando ainda se chamava Siena, até o fim de 2016. Permite rodar com qualquer proporção de etanol, gasolina brasileira (com adição de etanol), gasolina pura (vendida em países como a Argentina) e GNV (gás natural veicular).

A reportagem do jornal mineiro credita a informação a Pedro Magalhães, presidente da Gasmig (Companhia de Gás de Minas Gerais), segundo o qual o lançamento vai acontecer até o fim de abril.

O executivo afirmou à publicação que futuramente outros modelos da marca passarão a contar com o mesmo recurso. A Fiat não confirma a informação, porém UOL Carros apurou que o anúncio está previsto para o início da próxima semana. Ainda não está claro se o Tetrafuel voltará como versão.

O Grand Siena Tetrafuel original era baseado na versão de acabamento Attractive e trazia motor 1.4 Fire Evo de quatro cilindros de até 88 cv (75 cv com GNV) e câmbio manual de cinco marchas. Os cilindros de gás eram instalados no porta-malas, reduzindo a capacidade de 520 litros para 390 litros. O peso também subia: de 1.094 kg para 1.207 kg.

Atualmente, não existem automóveis novos à venda no Brasil equipados de fábrica com kit GNV. Recentemente, a Audi trouxe para testes no país a versão G-Tron do A5 Sportback, que pode ser abastecida com gasolina e GNV, mas não tem previsão de lançamento aqui.

Hoje, alguns estados concedem benefícios fiscais para veículos GNV: o Rio de Janeiro, por exemplo, libera esse tipo de carro da realização de vistoria para obtenção do CRLV, documento anual de certificado de licenciamento. Minas Gerais, por sua vez, irá isentar veículos GNV da cobrança de IPVA -- a lei está em fase final de regulamentação. Há poréns: o gás natural veicular teve reajuste de 40,1% em São Paulo e também encareceu em outros estados.

Mesmo após o lançamento do Cronos, há cerca de um ano, a Fiat mantém a produção do Grand Siena na fábrica de Betim (MG). Hoje, é vendido em duas versões: Attractive 1.0, com preço sugerido de R$ 49.990, e Attractive 1.4, por R$ 54.990.

#Avaliação: Audi A5 Sportback G-Tron; como anda o Audi a gás

UOL Carros

Mais Testes e lançamentos