Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

Jeep Renegade: veja qual é a versão preferida dos compradores do SUV

Divulgação
Jeep Renegade Sport é configuração preferida do consumidor, aponta levantamento Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-02-27T07:00:00

27/02/2019 07h00

Recentemente renovado com o lançamento da linha 2019, inclusive com reposicionamento de preços, o Jeep Renegade começou o ano na liderança do segmento mais aquecido do mercado automotivo: o de SUVs, hoje responsável por cerca de 24% das vendas gerais de automóveis. Disponível com motor 1.8 flex ou 2.0 turbodiesel, com transmissão manual ou automática, tração dianteira ou integral, o utilitário esportivo compacto somou 4.783 unidades emplacadas em janeiro. Foi o segundo mês seguido na liderança -- em dezembro, foram 5.498 emplacamentos.

Levantamento da consultoria JATO obtido com exclusividade por UOL Carros destrincha as versões mais vendidas do Renegade. A configuração preferida do consumidor na atualidade é a Sport 1.8, com 1.965 licenciamentos no primeiro mês do ano ou 41,1% do mix no período.

Essa configuração pode ser adquirida com câmbio manual de cinco marchas, com preço inicial sugerido de R$ 79.990, ou transmissão automática de seis velocidades desde R$ 85.990 -- a Jeep informa que 2/3 dos exemplares comercializados foram de veículos automáticos. Dentre os itens de série, destacam-se as rodas de liga leve de 16 polegadas, a central multimídia com tela tátil de cinco polegadas, o controle de velocidade de cruzeiro e as luzes de condução diurna de LED.

Na segunda posição aparece uma combinação de duas versões: a PCD, voltada a pessoas com deficiência, que traz câmbio automático e pode ser adquirida por R$ 54.662 com as isenções de ICMS e IPI previstas para esse público; e a Custom 1.8 manual, hoje a única que permanece na linha 2018, com visual antigo, e que é a opção mais acessível ao público em geral: tem tabela de R$ 72.990. Somadas, essas duas configurações tiveram 1.221 licenciamentos ou 25,5% das vendas totais do SUV.

A terceira versão mais vendida do Renegade em janeiro foi a intermediária Longitude 1.8, sempre disponível com transmissão automática e que teve 825 exemplares comercializados, o que corresponde a 17,2% do mix (os percentuais são aproximados). Essa versão parte de R$ 99.990 e agrega equipamentos como computador de bordo em tela colorida de de 3,5 polegadas, central multimídia mais parruda, com tela tátil de 8,4 polegadas compatível com Android Auto e Apple CarPlay, e rodas maiores, aro 18.

A quarta configuração do utilitário compacto em volume de vendas é a  Limited 1.8, igualmente sempre automática, que correspondeu a 6,8% dos emplacamentos ou 326 unidades. Custando a partir de R$ 105.990, oferece computador de bordo em tela maior, de sete polegadas, rodas de alumínio d e19 polegadas, teto na cor preta e sensores de chuva e crepuscular, dentre outros equipamentos de série.

Versões a diesel são mais caras e vendem menos

Somadas, as versões equipadas com o robusto motor 2.0 turbodiesel de 170 cv e 35,7 kgfm de torque tiveram 443 emplacamentos em janeiro, ou 9,26% das vendas do Renegade no período. Essas configurações também vêm com câmbio automático de nove marchas e tração 4x4. Com esse conjunto mecânico, a mais popular é a Longitude, com 306 emplacamentos (6,4%) e que custa R$ 127.990. Na sequência, aparece a opção topo de linha Trailhawk, mais capacitada para o fora-de-estrada, que sai por R$ 139.990.

Outras versões tiveram menos de dez emplacamentos e não foram consideradas.

Mais Seu Automóvel