Topo

Testes e lançamentos


Acabou a espera: Volkswagen T-Cross aposta no turbo de R$ 85 a R$ 110 mil

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São José dos Pinhais (PR)

2019-02-19T11:18:00

2019-02-21T13:49:00

19/02/2019 11h18Atualizada em 21/02/2019 13h49

Resumo da notícia

  • Volkswagen inicia pré-venda do SUV com duas versões
  • Configuração inicial tem 1.0 turboflex, de 128 cv, de Polo e Virtus
  • Motor de topo é o 1.4 turboflex, de 150 cv e 25,5 kgfm, de Golf, Jetta e Tiguan
  • SUV aposta em seis airbags e controle de estabilidade de série
  • Câmbio automático é sempre de seis marchas; manual tem cinco marchs
  • Espaço é trunfo: 2,65 m de entre-eixos e porta-malas que vai a 420 litros

Falamos pela primeira vez sobre o Volkswagen T-Cross, dando nome e sobrenome, há um ano e meio, quando o SUV sequer tinha um corpo revelado. De lá para cá, observamos e guiamos o modelo na Europa, esmiuçamos todos os detalhes de estilo e equipamento no Salão de São Paulo e ficamos sabendo dos rumores sobre uma pré-venda há menos de um dia. Faltava o principal, informações concretas sobre preços e data de chegada. Não falta mais: o T-Cross já está em pré-venda em quatro versões, custando de R$ 84.990 a R$ 109.990. 

Os primeiros modelos serão faturados no final do mês março e devem chegar às lojas no começo de março, com prazo de dois meses para o abastecimento de toda a rede.

A estratégia comercial foi revelada pela Volkswagen do Brasil de forma totalmente apropriada: esta terça-feira celebra os 20 anos de existência da fábrica de São José dos Pinhais, que já entregou modelos como o primeiro Audi A3, Golf "sapão", Fox e Crossfox, bem como os atuais A3 Sedan, Golf, Audi Q3... e agora o T-Cross.

Pablo di Si, chefão da Volkswagen para Brasil e América Latina destacou inovações tecnológicas de produção que foram necessárias para a produção do T-Cross no Brasil, com o aporte de R$ 2 bilhões. E garantiu que, com isso, o T-Cross será o SUV compacto mais avançado do mercado.

"T-Cross vai revolucionar o segmento, sendo o carro mais conectado de sua categoria. Além disso, é o 'best in class', com baixo custo em termos reparo", afirmou o executivo.

Para tanto, São José dos Pinhais teve ampliação de 5500 m², incorporando tecnologia de indústria 4.0 de conectividade e eficiência, além da volta do segundo turno de produção, que vai elevar o total de empregos a 2.650 diretos. Ganhou 239 robôs de nova geração, mais eficientes e mais rápidos, usando tecnologia de solda laser e sistema colaborativo (robô e operário trabalhando simultaneamente na construção do eixo traseiro do T-Cross).

Além de Brasil, este ano, o T-Cross nacional será vendido para 28 mercados da América Latina, além de outros 20 na África e Ásia, chegando a 50 mercados. 

Murilo Góes/UOL Carros
Imagem: Murilo Góes/UOL Carros
Preços do Volkswagen T-Cross

Apesar de focar na versão mais cara, a Volkswagen já divulga todos os valores do T-Cross, incluindo os das configurações mais em conta, equipadas com o motor 1.0 200 TSI (128 cv, 20,4 kgfm com etanol, com câmbio manual ou automático de seis marchas). Os preços das quatro versões são os seguintes:

- Volkswagen T-Cross 1.0 200 TSI (manual): R$ 84.990
Traz de série: controle de estabilidade (ESC), seis airbags, freios a disco nas quatro rodas, bloqueio eletrônico do diferencial, direção elétrica e ajuste de altura e distância para o volante, assistente para partida em rampas (Hill Hold), sensores traseiros de estacionamento, sistema isofix para cadeirinhas infantis, faróis de neblina com função "cornering", luzes de condução diurna de LED, lanternas traseiras de LED, banco dianteiro do passageiro com encosto rebatível, suporte para smartphone com entrada USB para carregamento, travas e vidros elétricos e volante multifuncional. Câmbio é o manual de seis marchas.

Opcional: pacote "Interactive I" (som Composition Touch com App-Connect, dois alto-falantes adicionais, além dos quatro de série, e App-Connect, câmera de ré para auxílio em manobras e sensores dianteiros de estacionamento.

- Volkswagen T-Cross 1.0 200 TSI Automático: R$ 94.490
Acrescenta ao pacote anterior: câmbio automático de seis marchas, grade dianteira em preto brilhante, controle automático de velocidade, apoio de braço central com porta-objetos, volante multifuncional revestido de couro com "shift paddles", duas entradas USB para o banco traseiro, saída traseira de ar-condicionado, sistema de som "Composition Touch", com tela colorida sensível ao toque de 6,5 polegadas e App-Connect. 

Opcionais: pacote "Interactive II" inclui câmera de ré para auxílio em manobras e sensores dianteiros de estacionamento, além de espelhos retrovisores externos com rebatimento elétrico. 

- Volkswagen T-Cross 1.0 200 TSI Comfortline Automático: R$ 99.990
Ganha: detalhes cromados na grade dianteira, colunas centrais em preto brilhante e para-choque traseiro com apliques cromados na região inferior, ar-condicionado digital (uma zona), banco do motorista com ajuste lombar, câmera de ré para auxílio no estacionamento, indicador de pressão dos pneus, manopla da alavanca de câmbio revestida de couro, porta-luvas refrigerado, revestimento interno é na cor azul escuro e há insertos decorativos no painel, sistema "save" de variação do espaço do porta-malas, rodas de liga leve de 17 polegadas com pneus 205/55 R17, sensores dianteiros de estacionamento (além dos traseiros) e sistema de frenagem automática pós-colisão. 

Opcionais: "Exclusive & Interactive" (sistema "Discover Media" com navegador via satélite, tela de 8 polegadas, comando por voz e entrada USB no console central; iluminação ambiente em LED; seletor do modo de condução; sistema KESSY de abertura das portas sem chave e partida do motor por botão; espelhos retrovisores externos com rebatimento elétrico e tapetes adicionais de carpete). 

"Sky View II" (teto solar panorâmico; espelho retrovisor interno eletrocrômico; e sensores de chuva e crepuscular).

"Design View" bancos de couro na cor "marrom Marrakesh" e apliques decorativos no painel com detalhes na cor "bronze Namíbia". 

"Premium" (Park Assist 3.0; faróis full-LED com luz de condução diurna em LED; e sistema de som "Beats" com subwoofer). 

- Volkswagen T-Cross 1.4 250 TSI Highline Automatic: R$ 109.990
Acrescenta: rack de teto, moldura cromada para os faróis de neblina e para a grade dianteira e frisos laterais na região inferior dos vidros, bancos revestidos de couro, iluminação ambiente em LED, manopla da alavanca de freio de estacionamento revestida de couro, cobertura dos pedais de alumínio, espelho retrovisor interno eletrocrômico, espelhos retrovisores externos com rebatimento automático, iluminação ambiente em LED, detector de fadiga, sistema Kessy, sistema start&stop e sensores de chuva e crepuscular.  

Opcionais: "Innovation" ( painel totalmente digital; sistema de som "Discover Media" com navegador via satélite, tela colorida de 8 polegadas, comando por voz e entrada USB no console central e o seletor de modo de condução). 

"Sky View" inclui o teto solar panorâmico.

"Tech&Beats" (Park Assist 3.0; faróis full-LED com luz de condução diurna em LED; sistema de som "Beats" com subwoofer.

Pré-venda começa neste momento, com hotsite exclusivo. Serão 400 unidades da versão Comfortline e 400 da Highline. A Volkswagen promete também as três primeiras revisões grátis para todas as configurações. Para fazer a reserva, é necessário pagar um sinal de R$ 5.000 via boleto bancário.

Acrescentando todos os opcionais disponíveis para a versão Highline, o preço do T-Cross vai a R$ 124.180.

Murilo Góes/UOL Carros
T-Cross 1.4 250 TSI Highline: visual é um dos chamarizes do SUV Imagem: Murilo Góes/UOL Carros

COMEÇANDO POR CIMA

Essa faixa de preços bate totalmente com o intervalo revelado por UOL Carros ainda durante o Salão do Automóvel, quando cravamos a faixa entre R$ 80 mil e R$ 110 mil, já considerando aí pacotes opcionais, por conta do novo escalonamento de produtos e preços bem delimitados, sem o tal "canibalismo", da atual linha de carros da Volkswagen do Brasil.

Por ter demorado muito para apresentar um SUV compacto ao mercado, a Volkswagen decidiu mostrar tudo o que o T-Cross pode fazer contra rivais mais ou menos consolidados. Para isso, ainda que a 1.0 tenha sido anunciada, a configuração inicial de trabalho é a de topo de gama, 1.4 TSI 250 Highline, equipada o bastante para chamar atenção num segmento que tem Jeep Renegade, Honda HR-V, Hyundai Creta, Nissan Kicks, Citröen C4 Cactus, Peugeot 2008, Chevrolet Tracker, entre outros.

Traduzindo a sigla, temos o motor 1.4 turboflex, com injeção direta de combustível, potência de 150 cavalos (com etanol ou gasolina), torque de 25,5 kgfm (qualquer combustível). É a mesma motorização usada em Golf, Jetta e até no Tiguan Allspace de entrada. No caso do T-Cross, este motor é acompanhado do câmbio automático de seis marchas (Tiptronic). Seis airbags e controle eletrônico de estabilidade são itens de série. Tração é dianteira.

O acabamento Highline prevê visual com grade em preto brilhante, pintura bicolor (teto preto), conjunto óptico com Full LED, lanternas integradas por régua em preto brilhante com iluminação embutida (formando uma bela peça única em ambientes com baixa luminosidade), rack de teto, interior com três tons de acabamento, bancos revestidos de couro, ar-condicionado automático (que tem apenas uma zona de resfriamento, um curioso ponto fraco), quatro saídas USB, e banco traseiro com encosto reclinável, entre outros itens.  

O QUE O T-CROSS OFERECE

Fabricado sobre a plataforma MQB A0, de Polo e Virtus, T-Cross tem espaço interno inspirado no sedã: são 2,65 metros de entre-eixos e quem viaja no banco traseiro ainda tem dois ajustes para o encosto lombar e um túnel central reduzido, atrapalhando pouco a vida. Isso garante não só conforto para os passageiros, como também um pouco mais de espaço para bagagens.

A capacidade do porta-malas varia de 373 a 420 litros, com o pacote opcional das versões intermediárias, justamente de acordo com o a inclinação dada ao banco traseiro.

Ainda falando de cabine, o T-Cross tem acabamento em três tons (parte em preto, parte em prata/cinza acetinado e destaques do console principal reproduzindo a cor da carroceria. Para o Brasil, haverá teto solar e também opção de pintura bicolor (teto em preto). Apesar da zona única do ar-condicionado, há saída para o banco traseiro, que também conta com duas saídas USB, além das duas para os passageiros dos bancos da frente.

De série, controles de estabilidade, freios a disco nas quatro rodas em todas as configurações, carroceria reforçada por aços de alta e ultra-alta resistência, seis airbags, detector de fadiga, monitoramento de pressão dos pneus, frenagem automática pós-colisão, assistente de estacionamento para vagas paralelas ou perpendiculares, cintos com pré-tensionadores e ganchos Isofix para cadeirinhas infantis.

Painel de instrumentos digital, central multimídia de oito polegadas com suporte a Android Auto e Apple CarPlay, sistema de som Beats, teto solar panorâmico e seletor de modos de condução são itens da configuração completa.

UOL Carros vai experimentar o T-Cross 1.4 250 TSI Highline por cerca de 250 quilômetros entre a região metropolitana de Curitiba (PR) e a região litorânea de Santa Catarina e trará, em breve, sua primeira avaliação sobre o SUV compacto da Volkswagen.

Ficha técnica

Volkswagen T-Cross 200 TSI
Motor: EA211, 1.0 turboflex, três cilindros
Potência: 116/128 cavalos (gasolina/etanol), a 5.500 giros
Torque: 20,4 kgfm (gasolina/etanol), a 2.000 giros
Câmbio: manual, 6 marchas; automático, 6 marchas (Tiptronic)
Velocidade máxima: 185 km/h
0-100 km/h: 10,5 s
Dimensões: 4,20 m de comprimento, 2,65 m de entre-eixos
Porta-malas: 373 litros
Peso: 1.210 kg
Preço: R$ 84.990 a R$ 99.990

Volkswagen T-Cross 250 TSI Highline
Motor: EA211, 1.4 turboflex, quatro cilindros
Potência: 150 cavalos (gasolina/etanol), a 4.500 giros
Torque: 25,5 kgfm (gasolina/etanol), a 1.500 giros
Câmbio: automático, 6 marchas (Tiptronic)
Velocidade máxima: 195 km/h
0-100 km/h: 9 s
Dimensões: 4,20 m de comprimento, 2,65 m de entre-eixos
Porta-malas: 373 a 420 litros
Peso: 1.290 kg
Preço: R$ 109.900 iniciais

Salão do Automóvel: Como é o Volkswagen T-Cross

UOL Carros

Mais Testes e lançamentos