Topo

Carros


Carros

GM do Brasil classifica acordo aprovado por trabalhadores como um "sucesso"

Divulgação
Fábrica de São José dos Campos produz os modelos S10 e Trailblazer Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-02-08T14:34:25

08/02/2019 14h34

Resumo da notícia

  • Marca diz que acordo permitirá "concretização do plano de viabilidade da GM"
  • Índice de aceitação entre trabalhadores foi de 90%
  • Acordo pode abrir caminho para produção da nova S10

A General Motors do Brasil classifica a negociação com sindicato e funcionários de sua fábrica e São José dos Campos (SP), definida na quinta-feira, como de "sucesso", em nota divulgada à imprensa.

Segundo a fabricante, a aceitação por parte dos funcionários das propostas feitas garantirá "a concretização do plano de viabilidade da GM". Resta agora, aponta a nota, seguir as negociações com  fornecedores, governo e outros interessados".

As propostas feitas pela GM foram aprovadas por 90% dos trabalhadores da unidade de São José dos Campos, em assembleia convocada pelo sindicato local.

A fábrica paulista entrega a picape S10 e o utilitário esportivo Trailblazer de atual geração e, com o acordo, espera-se que se renove para produzir a nova geração da picape, a partir do próximo ano.

A fabricante líder de mercado apontou ainda como pontos relevantes quatro das 10 propostas do acordo com trabalhadores a definição prévia de limites para o pagamento de lucros e resultados de 2019 a 2021; definição prévia de reajustes até 2021; definição da cláusula da garantia de emprego em caso de acidentes dentro do local de trabalho; e renovação prévia dos acordos de flexibilidade da jornada de trabalho e de folgas.

Leia abaixo a íntegra do comunicado da GM do Brasil

"A GM informa que as negociações com o sindicato e funcionários da fábrica da General Motors, em São José dos Campos, foram encerradas com sucesso. Este é mais um passo para a concretização do plano de viabilidade da GM. 

As tratativas com os fornecedores, governo e outros interessados continuam de forma diligente.

Abaixo, alguns dos pontos aprovados, por unanimidade, em assembleia realizada com os dois turnos de trabalho:

Participação nos Resultados por três anos, sendo: 2019 -- R$ 7.500,00, excepcionalmente para este ano, sem o conceito de proporcionalidade. 2020 -- R$ 12.694,00 acrescido do INPC de janeiro a dezembro. 2021 igual ao valor do ano anterior acrescido do INPC de janeiro a dezembro. A primeira parcela será paga no mês de abril de cada ano;

Data Base -- 2019: sem reajuste salarial e o pagamento de um abono no valor de R$ 2.500,00. Em 2020, aplicação de 60% do INPC apurado de Setembro/19 a Agosto/20 e pagamento de um abono no valor de R$ 1.500,00. Em 2021, aplicação de 100% do INPC, apurado de setembro/20 a agosto/21;

Cláusula de Garantia de Emprego ao Empregado Acidentado: para os atuais empregados mantém a cláusula vigente; para novos empregados passará a se aplicar a lei;

Renovação dos acordos de flexibilidade (Escala patrimonial, Domingo, Jornada 12 x 36, Jornada de terça a sábado, Terceiro Turno 6 x 1), inclusive o acordo das folgas anuais e DSR (Descanso Semanal Remunerado)."

Mais Carros