Topo

Testes e lançamentos


Novo BMW X5 chega ao Brasil custando a partir de R$ 450 mil

Do UOL, em São Paulo (SP)

26/01/2019 08h00

Quarta geração do SUV tem quatro versões de acabamento e será vendida, ao menos por enquanto, somente com motores turbodiesel

A quarta geração do BMW X5 acaba de chegar à rede de lojas da BMW no Brasil. São quatro versões de acabamento e preços a partir de R$ 449.950.

Uma das estrelas da marca no Salão do Automóvel de São Paulo em 2018, o modelo produzido em Spartanburg (EUA) foi completamente renovado e está maior, mais esportivo e moderno.

Veja os preços e equipamentos das versões do novo X5:

+ BMW X5 xDrive30d: R$ 449.950

A versão de "entrada" tem entre os principais itens de série o sistema de controle de tração e estabilidade; airbags duplos frontais, laterais dianteiros e de cortina dianteiros e traseiros; função start/stop; rodas de 21 polegadas com regeneração de energia de frenagem; bancos dianteiros aquecidos, ventilados e com ajustes elétricos; ar-condicionado automático digital de quatro zonas; sistema de entretenimento traseiro com duas telas de 10,2 polegadas nos encostos de cabeça dos bancos dianteiros; sistema de som Harman Kardon; chave inteligente chamada "BMW Display Key"; sistema ConnectedDrive com serviços de Concierge e chamada de emergência inteligente; Preparação para Apple CarPlay; faróis full-LED e faróis de neblina também em LED; farol alto inteligente; head-up Display; teto solar panorâmico; BMW Gesture Control; Driving Assistant Professional (sistema semiautônomo de condução) e Parking Assistant Plus (assistente de estacionamento).

+ BMW X5 xDrive30d M Sport: R$ 479.950

A versão intermediária traz os itens de série da versão anterior mais roda de 22 polegadas com freios M Sport; volante M em couro; pacote M aerodinâmico e insígnias do pacote M Sport.

+ BMW X5 xDrive30d M Sport xOffroad: R$ 499.950

Essa versão traz os itens das anteriores mais o sistema xOffroad, que oferece quatro modos de condução voltados para quatro tipos de terrenos: Sand (areia), Rocks (rocha), Gravel (cascalho) e Snow (neve). O dispositivo traz diferentes ajustes do sistema xDrive, transmissão e da resposta do acelerador.

+ BMW X5 M50d: R$ 539.950

A versão esportiva oferece entre os principais itens, além dos equipamentos das versões anteriores, faróis a laser; sistema de som Bowers & Wilkins; BMW Night Vision com reconhecimento de pedestres; suspensão Adaptativa; sistema de exaustão diferenciado e manopla de câmbio mais sofisticada, chamada Glass Crafted Clarity.

Divulgação
X5 ganhou novas entradas de ar dianteiras, grade frontal cromada mais ampla e angular e novas luzes de neblina Imagem: Divulgação

O que mudou?

O fundador do segmento que a BMW chama de "SAV" (do termo em inglês "Sports Activity Vehicle") ganhou novas entradas de ar dianteiras, grade frontal cromada mais ampla e angular, novas luzes de neblina e faróis full-LED alinhados à nova identidade visual da empresa. Na traseira, as lanternas horizontalizadas agora têm efeito tridimensional.

Além das mudanças de design, vale destacar que o novo X5 é significativamente maior que seu antecessor: agora são 3,6 cm a mais de comprimento, totalizando 4,92 metros; a largura aumentou em 6,6 cm, indo a 2 metros; e a altura cresceu 1,9 cm, subindo para 1,75 m.

Para mais conforto de quem vai atrás, a distância entre eixos tem 4,2 cm a mais, atingindo bons 2,98 metros. O porta-malas tem 650 litros, podendo atingir 1.870 litros com os bancos traseiros reclinados.

Por dentro, o novo X5 está mais digital e conectado. No console, a cabine traz duas telas de 12,3 polegadas, que integram o conceito "BMW Live Cockpit".

Motorização

Em relação aos motores, o novo X5 chega com duas opções, ambas a diesel. A primeira (oferecida nas versões de entrada e nas duas intermediárias) dispõe de um bloco de seis cilindros em linha, de 2.993 cm3, com turbo, 265 cavalos e 63,2 kgfm de torque (entre 2.000 e 2.500 rpm). Para essas configurações, o X5 faz de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos e pode chegar à velocidade máxima de 230 km/h.

Já a versão esportiva de topo, denominada X5 M50d, traz o mesmo motor de seis cilindros 3.0, mas com configuração quadriturbo. Neste caso, são 400 cavalos e 77,5 kgfm de torque, entre 2.200 e 3.000 rpm -- o X5 mais forte acelera de 0 a 100 km/h em 5,2 s e pode alcançar a máxima de 250 km/h.

Todas as versões são equipadas com câmbio automático Steptronic de oito marchas (com borboletas atrás do volante para as trocas de marcha) e tração integral. A suspensão a ar adaptativa pode ajustar a altura do veículo em cinco níveis diferentes de acordo com a preferência do motorista, por meio de um seletor no console, variando até 8 cm. A altura do veículo também pode ser ajustada pela chave (chamada de BMW Display Key) ou por um botão no porta-malas, facilitando a carga e descarga de objetos.

Divulgação
Novo X5 traz ainda sistemas de tecnologia semiautônoma, como o Driving Assistant Professional estreado pelo Série 5 Imagem: Divulgação

Anda sozinho

O novo X5 traz ainda sistemas de tecnologia semiautônoma, como o Driving Assistant Professional estreado pelo novo Série 5 no Brasil, que permite a direção inteligente em situações como congestionamentos, trânsito lento ou viagens longas. O sistema resume as seguintes funções: alerta de mudança de faixa, alerta de tráfego cruzado em cruzamentos, assistente de mudança de faixa com sistema ativo de proteção lateral; alerta de evasão e alerta de veículo cruzando à frente.

Já o sistema chamado "Parking Assistant Plus" mede o espaço ao redor do veículo para estacioná-lo automaticamente por meio de câmeras e sensores. As manobras podem ser vistas em tempo real por meio das funções do Surround View, denominadas "Top View", "Panorama" e "3D View". As câmeras de visão geral permitem a visualização do entorno do veículo, facilitando manobras podendo até evitar colisões. Através da tela tátil no painel, a área em volta do veículo pode ser explorada e girada com os dedos, permitindo uma visão total do carro em tela 3D.

A mencionada chave "Display Key" tem uma tela "touch" colorida de LCD, que traz informações do veículo, como localização, autonomia, serviços e reparos, entre outros. Por meio desta chave é possível travar e destravar as portas, acender e apagar as luzes e levantar e abaixar os vidros, entre outras funções.

Existe também um sistema chamado "BMW Gesture Control" que, através de um sensor 3D acima do display central, permite a motorista e passageiro controlar funções do veículo com gestos, entre eles: abaixar e aumentar o volume do som girando o dedo no sentido horário e anti-horário (respectivamente), aceitar e rejeitar chamadas telefônicas apontando o dedo para a tela e balançando a mão para a direita (respectivamente), navegar pelo menu do sistema balançando as mãos para direita e esquerda e girar a visão 360º do carro nas câmeras do Surround View, por exemplo.

O sistema traz tela tátil de 12,3 polegadas com HD de 20 GB para armazenamento de arquivos de áudio via USB ou CD, além de integrar um sistema BMW ConnectedDrive, assistente pessoal que oferece uma série de serviços, como concierge, chamada de emergência e informações do trânsito em tempo real.

Há, ainda, o BMW Remote 3D View, um aplicativo que mostra, por meio do Connected App, uma visão em 360º do veículo na tela do celular, mesmo que você esteja em outro lugar. Além de sempre lembrar onde seu carro está, a nova tecnologia ajuda na segurança, mostrando como estão os arredores do veículo antes de você ir até ele.

Estão disponíveis seis opções de cores, sendo uma branca sólida e dois tipos de preto, além de outro branco, cinza e azul metálicas. Há quatro opções de revestimento interno: couro bege/marrom; couro preto; couro "café/preto" e couro "cognac/preto". Pioneiro da família X, o SUV da BMW tem mais de 2,2 milhões de unidades vendidas no mundo desde 1999, ano em que surgiu.

Mais Testes e lançamentos