Topo

Mobilidade


CES 2019: Hyundai pensa em carro que pode até subir escadas

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-01-09T07:00:00

09/01/2019 07h00

Elevate ainda é só um esboço, mas já foi apelidado de "veículo de mobilidade máxima"

Um carro que pode se ajoelhar, levantar, virar 360 graus, escalar paredes de um metro de altura ou mesmo escapar de uma valeta nessa mesma distância, além de subir degraus de escadas e alcançar terrenos íngremes como se fosse um animal de quatro patas. Loucura? Pois a Hyundai apresenta na CES 2019, a feira de tecnologia em Las Vegas (EUA), um conceito que promete fazer exatamente tudo isso.

Chamado de Elevate, a engenhoca parece uma cabine daqueles de roda gigante com quatro patas mecânicas. As rodas estão nas extremidades dessas patas, já que o veículo também pode rodar em formato convencional pelas vias -- a Hyundai prevê um carro com motorização elétrica e condução autônoma, quando não estiver em terrenos traiçoeiros.

"Imagine um carro escapando de um barranco com neve ao lado da rodovia, saindo do terreno traiçoeiro e salvando os passageiros feridos. Este é o futuro da mobilidade veicular", afirma o designer David Byron. 

Segundo a divisão chamada Hyundai Cradle ("Centro de Design de Robótica com Experiência de Realidade Aumentada", na sigla em inglês"), o Elevate é um pode funcionar como veículo utilitário para situações de mobilidade reduzida (idosos ou pessoas com deficiência). Ele pode, por exemplo, ser um taxi deixa um passageiro no topo da escada, em frente à porta, em um prédio que não tenha rampa. 

Ou como um carro de resgate para equipes de socorro. "Quando um tsunami ou terremoto atinge o local, veículos de resgate atuais só podem fornecer socorristas para a beira da área afetada. Eles têm que fazer o resto do caminho a pé. O Elevate pode seguir até o local e subir direto pelos escombros, pela inundação ou pelo concreto destruído", afirma John Suh, vice-presidente da Hyundai e chefe da Cradle.

Resta saber quando o veículo poderia ganhar vida. Não há detahes sobre isso, nem sobre valores ou mesmo a força e autonomia da motorização. O sistema como um todo de torque de 1.529 kgfm (dez vezes o de um carro compacto premium, aproximadamente), mas essa força serve também para o sistema das pernas que elevam a cabine, não apenas para movimentar as rodas do carro.

Mais Mobilidade