Topo

Testes e lançamentos


Honda City mudou em 2018 para peitar Virtus, Yaris e Cronos. Foi capaz?

Benê Gomes

Do Auto+, em São Paulo (SP)

2018-12-22T08:00:00

22/12/2018 08h00

Sedã compacto ganhou leve mudanças no design no começo do ano

Com a chegada de fortes concorrentes para o segmento de sedãs compactos premium no Brasil, como Fiat Cronos, Toyota Yaris Sedan e Volkswagen Virtus, a Honda acabou mexendo duas vezes em seu sedã compacto City para fechar as alterações da linha 2019.

Só que nem mesmo com boas novidades, como novos pacotes de equipamentos e acessórios, o City conseguiu se manter ativo na intensa disputa de vendas.

No acumulado de emplacamentos do ano de janeiro a novembro, segundo dados da Fenabrave, o carro da Honda registrou 13.385 unidades, na quarta colocação, contra impressionantes 37.394 vendas do Virtus, o líder disparado, 26.658 do Cronos e 19.011 unidades do Chevrolet Cobalt. Atrás do City está outra novidade do ano, o Toyota Yaris, que fechou os 11 meses com 10.548 licenciamentos.

Mas o que atrapalha o City?

De fato, ele ficou devendo algumas coisas e, entre estas, detalhes importantes quando se pensa em segurança: os controles eletrônicos de tração e estabilidade.

Mas não é por isso que ele é um mau carro. Quer saber o que ele tem? Assista à víde-reportagem que abre esta página.

Mais Testes e lançamentos