Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

Quem "bebe" menos? Veja os 20 carros mais econômicos do Brasil em 2018

Do UOL, em São Paulo (SP)

14/12/2018 12h17

Com Zoe e Kwid, lista baseada em tabela do Inmetro já inclui até modelos totalmente elétricos

2018 foi, de fato, um ano curioso. No Brasil, considerando o setor automotivo, podemos dizer que foi o ano da "virada de chave". Mesmo antes da greve dos caminhoneiros, em maio, indústria e governo já estavam discutindo a sério modelos e infraestrutura alternativos ao modal da combustão e do automóvel como propriedade.

Resultado: soluções planejadas foram anunciadas no país. O Salão do Automóvel de São Paulo foi marcado por apresentações concretas, com datas de chegada e valores de carros e também infraestrutura. E mesmo do evento houve movimentação do governo, com definições importantes (regulamentação do serviço de recarga e tabela de IPI incluindo modelos eletrificados), bem como de fabricantes, com projetos.

A rede Rio-SP da BMW e o projeto Toyota Híbrido Flex, por exemplo, ganharam o Prêmio UOL Carros 2018 de "Mobilidade" e "Sustentabilidade", respectivamente.

Mas e como fica a vida do consumidor comum, que é quem precisa pagar contas, como sempre foi? Para traduzir todo este movimento em algo útil e prático para você, UOL Carros lista agora os 20 modelos mais eficientes no país, aqueles que te permitem rodar mais gastando menos dinheiro em abastecimento.

A lista é baseada em dados do Inmetro -- o já conhecido Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular. Mas há novidade: além dos carros com motor a combustão mais eficientes (sejam convencionais, como o Onix, modelo mais vendido do Brasil, ou mesmo híbridos, como o Toyota Prius), já figuram os primeiros modelos elétricos, caso do Renault Zoe, que foi apresentado no Salão de SP e custa R$ 150 mil.

No ranking, UOL Carros ordenou os modelos por eficiência energética, que é o novo critério levado em conta na tabela do IPI, por exemplo. Mas vale ressaltar que o Inmetro alinha as informações de consumo por quilômetros percorridos com cada litro de combustível (o famoso "km/l), mesmo no caso dos modelos elétricos (neste caso, a conversão é feita pelo Instituto para haver base comparativa), beleza?

Assim, enquanto o Zoe assume o posto de carro mais eficiente do Brasil (antes a cargo do Prius, com 1,15 MJ/km), com 0,65 MJ/km, o carro que todo mundo pode comprar mais bem colocado é outro Renault, o Kwid, que figura na quinta colocação geral, com 1,39 MJ/km. 

Mais Seu Automóvel