Topo

Testes e lançamentos

Chevrolet Monza renasce na China... mas não é aquele que você está pensando

Reprodução/Autohome
"Novo" Monza será vendido nas motorizações 1.0 e 1.3, ambas turbo Imagem: Reprodução/Autohome

Do UOL, em São Paulo (SP)

20/11/2018 07h00

Sedã feito exclusivamente para o mercado asiático preencherá lacuna abaixo do Cruze atual

Monza é um dos nomes mais emblemáticos da história da Chevrolet no Brasil. Tanto é que ele acaba de ser ressuscitado na China. Pena que não do jeito que a gente imaginava: o "novo" Monza agora é um sedã de porte intermediário feito exclusivamente para o mercado chinês e nada tem a ver com o saudoso modelo que cativou uma legião de admiradores entre os anos 80 e 90.

Curiosamente, a Chevrolet ainda não liberou qualquer material oficial a respeito do carro, mesmo já tendo apresentado a novidade no Salão de Guangzhou. Por isso, UOL Carros reproduz imagens do site chinês "Autohome".

O Monza 2019 é feito sobre a plataforma D2XX -- a mesma utilizada pelo atual Cruze. No país asiático (cuja preferência por sedãs é muito maior que no Brasil), o Monza será posicionado entre o Cavalier e o Cruze, exercendo um papel parecido com o do Cobalt por aqui. O sedã, porém, tem porte de gente grande: 4,63 metros de comprimento, 1,79 metro de largura, 1,48 metro de altura e 2,63 metros de distância entre eixos -- apenas 3 cm mais longo que o Cruze.

Veja mais

GM dá preço para o carro elétrico: Bolt parte de R$ 175 mil
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe

Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Como era de se imaginar, o design do Monza traz elementos presentes em outros modelos da GM, como o novo Malibu e a terceira geração do Prisma, revelada há alguns dias também por meio de fotos vazadas. A frente tem um largo filete horizontal dividindo a grade dianteira em duas partes. O desenho da peça, aliás, replica a nova identidade visual da marca, que pode ser vista em modelos como o novo Camaro.

O Monza será vendido na China com duas motorizações: 1.0 tricilíndrico de 125 cv e 1.3 de 163 cv, ambas com turbocompressor. Haverá, inclusive, versões com visual esportivo, como a RS, que traz entradas de ar maiores, faróis com máscara negra, aerofólio traseiro e logotipo da Chevrolet em preto.

Reprodução/Autohome
Sedã é feito sobre a plataforma D2XX, a mesma do Cruze Imagem: Reprodução/Autohome

Mais Testes e lançamentos