Topo

Salão de São Paulo

Kia Stonic é destaque no Salão do Automóvel, mas não virá para o Brasil

Do UOL, em São Paulo (SP)

14/11/2018 07h00

SUV compacto está em exposição na feira, mas marca vai trazer outro modelo

A Kia abusou da pompa para exibir o Stonic no Salão de São Paulo. De fato, o SUV parece ter sido feito para o mercado brasileiro. Só que há um “pequeno” problema: ele não virá para cá.

Fontes ligadas à empresa afirmam que o modelo está em exposição apenas para avaliar a receptividade do público diante de um produto desta categoria. A partir daí, outro modelo, ainda seria trazido para cá. Por enquanto, sabe-se apenas que não seria o Stonic nem o KX3.

Seja como for, o Stonic poderia ter dificuldades para encarar Jeep Renegade, Honda HR-V e companhia. Um dos motivos principais é o porte: ele tem apenas 4,14 metros de comprimento, sendo menor que o KX3 (4,48 metros) e até o Hyundai Creta (4,27 metros), com qual o Stonic compartilha plataforma.

Veja mais

Kia lança novo Sportage no Salão; veja o que muda
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe

Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Motor flex?

Lá fora, o modelo é oferecido em três motorizações: 1.0 turbo de 118 cv, 1.4 de 98 cv e 1.6 a diesel de 108 cv. Segundo a fábrica, o Stonic 1.0 acelera de 0 a 100 km/h em 10,3 segundos.

Caso viesse para o mercado brasileiro, o SUV poderia aproveitar o motor 1.6 16V flex de 128 cv, associado ao câmbio automático de seis marchas -- o mesmo conjunto da linha HB20. Quem também aproveita este motor é o Kia Rio, que, ao que tudo indica, finalmente será lançado no Brasil.

Mais Salão de São Paulo