Topo

Salão de São Paulo

Mitsubishi Eclipse Cross vira SUV nacional no Salão do Automóvel

Vitor Matsubara, André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/11/2018 11h41

Marca também revela novo Pajero Sport, que estreia no primeiro semestre de 2019

A Mitsubishi anunciou, agora há pouco, no segundo dia do Salão do Automóvel de São Paulo, a nacionalização do Eclipse Cross, SUV médio que será fabricado no Brasil a partir do segundo semestre de 2019. O modelo já está à venda em duas versões, por enquanto por importação do Japão, partindo de R$ 149.990.

Embora traga o mesmo nome do mítico esportivo dos anos 1990, o novo Eclipse é um SUV com estilo polêmico. Assim como o Pajero, a traseira é o ponto mais divergente: ela é inspirada na atual escola japonesa, que preza por formas amplamente aerodinâmicas, mas também arrojo extremo, remetendo a veículos espaciais. É o mesmo estilo, por exemplo, de Toyota Prius e Mirai, de Honda Civic e Insight. No caso do Eclipse Cross, lanternas são elevadas, interligadas por filete vermelho decorativo, e servem como divisória para o amplo vidro traseiro em ângulo.

Motorização traz um atual 1.5 turbo de 165 cavalos associado a câmbio CVT, que simula oito marchas. Segundo a empresa, a promessa e ter o Eclipse Cross como o melhor carro da marca vendido no Brasil e encantar o consumidor pelo bom conjunto mecânico e pela boa quantidade de tecnologia.

Veja mais

Zoe: o elétrico mais barato, o Renault mais caro
+ Mercedes-Benz: de Classe A Sedan a supercarro de R$ 8 milhões

Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Novo Pajero

A nova geração do Pajero Sport é a outra atração da Mitsubishi no Salão de São Paulo. Seu lançamento acontecerá no primeiro semestre de 2019 e o carro estará em pré-venda, mas a marca ainda não divulgou valores.

A dianteira traz a nova identidade visual da marca, presente em modelos como o Outlander. Na traseira, o design também é controverso: lanternas sinuosas -- de novo como no Toyota Prius -- se prolongam até a parte inferior do para-choque.

O motor é um 2.4 turbodiesel com injeção direta de 190 cv e 43,9 kgfm de torque máximo. O câmbio é automático de oito marchas.

O interior tem espaço para até sete pessoas, permitindo 32 configurações diferentes de bancos. A lista de itens inclui itens como faróis de LED, sete airbags, controles de tração e estabilidade, alerta de pontos cegos, controle de cruzeiro adaptativo apliques em preto brilhante, ar condicionado digital dual zone, tomada de 110 volts, tração 4x4 com reduzida e modo para uso no asfalto.

Mais Salão de São Paulo