Topo

Salão de São Paulo

BMW X4 e Série 7 que estaciona sozinho estarão no Salão do Automóvel de SP

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

30/10/2018 07h00

Novidades foram exibidas durante inauguração de novo centro de formação de profissionais no Senai

A BMW do Brasil antecipou nesta segunda-feira (29) algumas de suas atrações para o Salão do Automóvel de São Paulo 2018. O novo X4 e o Série 7 com função de estacionamento autônomo estarão estão entre as novidades.

Pelo lado da Mini, submarca da BMW, o Countryman híbrido plug in vai marcar presença no evento.

Veja mais

+ Veja todos os detalhes do VW T-Cross mais completo
+ Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
+ Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
+ Instagram oficial de UOL Carros
+ Siga UOL Carros no Twitter

O X4 já está em pré-venda por R$ 334.950 na versão xDrive30i M Sport e R$ 429.000 na versão M40i, com lançamento agendado para o Salão. Assim como o X3, o SUV terá tecnologias de condução semi-autônoma.

Já o Série 7 agora vem para o Brasil com faróis a laser e sistema capaz de localizar vagas e realizar manobras de estacionamento em vagas paralelas sem intervenção humana e do lado de fora do carro, apenas por meio de comandos na chave do veículo. A marca não divulgou o preço do sedã.

O Countryman híbrido também está disponível em pré-venda por R$ 199.990.

Divulgação
Novo BMW X4 será uma das atrações da marca no Salão do Automóvel deste ano Imagem: Divulgação

Formação de profissionais

A apresentação aconteceu durante a inauguração de um espaço da marca dentro do Senai na unidade Ipiranga, em São Paulo (SP).

"O importante é não só dar formação para a rede de concessionários, mas sim também formar novos profissionais. Hoje falamos de carro autônomo, elétrico e conectado, e daí partiu a ideia de criar um centro de excelência para formação jovens que entram nesse mercado", afirmou Emilio Paganoni, gerente sênior de treinamento, vendas e pós-vendas da BMW.

Os instrutores do Senai serão treinados por profissionais da BMW na Alemanha. A previsão é formar 2.700 novos profissionais anualmente, sendo que 1.200 serão contratados pela fabricante alemã -- os demais serão formados para o mercado.

Por ano, o Senai recebe aproximadamente 15 mil alunos, que iniciam os estudos aos 14 anos e vão até a faculdade. A marca investiu R$ 4 milhões na construção de um galpão especialmente para o treinamento de novos profissionais.

"Hoje em dia qualquer BMW sai de fábrica com conexão à internet. Nossos carros são conectados, eletrificados e quase autônomos. Por isso a ideia é formar profissionais preparados para o que vem aí e no futuro empregar estes jovens. É uma postura de responsabilidade social que a BMW assume com muito carinho", declarou Hélder Boavida, CEO do BMW Group do Brasil.

"Vamos continuar trazendo novas tecnologias para cá, mostrando que a marca está realmente comprometida com o Brasil", concluiu o executivo.

Mais Salão de São Paulo