Topo

Seu Automóvel

Tesla: Elon Musk vai pagar multa e abandonar chefia da empresa de elétricos

Divulgação
Acabou: Elon Musk renuncia ao comando da empresa de elétricos após ações "esquisitas" Imagem: Divulgação

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em Monterey (EUA)

29/09/2018 20h03

Acusações de fraude sobre o mercado de ações pesaram: Musk vai pagar ainda US$ 20 milhões

Caiu como uma bomba aqui nos Estados Unidos, pelo menos entre os fãs de carros e seguidores do mercado financeiro, a informação de que o criador e presidente-executivo da Tesla, a fabricante de inovadores carros elétricos (entre outros empreendimentos), concordou em pagar multa milionária de US$ 20 milhões, além de abandonar o comando da companhia.

Segundo as informações mais recentes, divulgadas na tarde deste sábado (horário do Pacífico), Musk aceitou acordo com a SEC (a comissão de segurança de valores mobiliários norte-americana), mas sem "admitir ou negar" as acusações feitas de que enganou investidores.

Ele terá de se afastar de qualquer posição de comando não só da Tesla, mas de qualquer empresa com ações públicas, por dois anos, bem como abrir mão de tentar se eleger ao retorno a qualquer cargo de comando pelo período de três anos. Musk precisa abandonar a presidência da fabricante de automóveis em 45 dias e vai seguir como CEO. O executivo pagará uma multa de US$ 20 milhões à órgãos financeiros e a Tesla bancará outros US$ 20 milhões. A soma de US$ 40 milhões será repassada a eventuais investidores que se sentirem prejudicados pela saída de Musk e a situação delicada da empresa.

Veja mais

Duelo: carro ou cavalo?
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Musk será investigado judicialmente a pedido da SEC, após ter usado a rede social "Twitter" para publicar mensagens em 7 de agosto, dizendo ter conseguido financiamento para ampliar a participação nas ações da empresa em até US$ 420 por ação.

Com isso, o valor da empresa disparou, mas o sinal de alerta da SEC acendeu, uma vez que não havia provas de que Musk teria mesmo obtido tal aporte, sobretudo no momento crítico atravessado pela empresa, que tem tido dificuldade de entregar seus carros.

Além disso, há pouco tempo, Musk chocou parte do público e de investidores ao usar maconha durante uma entrevista

Agências locais de notícias como CNBC, CNN e Reuters apontam que a Tesla vai agora indicar dois novos nomes para o comitê de controle da empresa, bem como formar uma junta para revisar as últimas decisões e pronunciamentos de Musk.

* Viagem a convite da Porsche

Mais Seu Automóvel