Topo

Seu Automóvel

Como era o mundo em 1998 quando a Fiat Strada foi lançada no país

Montagem/Arte UOL
1998 foi um ano agitado no esporte, política e entretenimento Imagem: Montagem/Arte UOL

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/08/2018 04h00

Picape estreou em ano de presidente reeleito, mortes importantes e derrota no futebol

A Strada completa 20 anos de vida neste ano.

Lançada em 1998, a picape derivada do Palio rapidamente fez sucesso e assumiu a liderança de vendas do segmento dois anos depois.

Veja mais

Strada chega à linha 2019 com nova versão Freedom: R$ 71.990
+ Fiat Strada faz 20 anos ditando regras do segmento; veja história
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

O mundo viveu um ano conturbado em 1998, com grandes perdas e acontecimentos que entrariam para a história. Relembre a seguir alguns dos momentos mais importantes.

Brasil

O edifício Palace II desabou por falhas estruturais no Rio de Janeiro, matando oito pessoas e deixando 120 famílias desabrigadas. Investigações apontaram que areia de praia foi utilizada na construção do prédio.

Dono da construtora Sersan, o então deputado e engenheiro Sergio Naya chegou a ficar preso por 105 dias e foi condenado a pagar R$ 60 milhões em indenizações, além de ter todos os bens bloqueados. Naya foi encontrado morto em 2009.

Na indústria do entretenimento, o ano de 1998 marcou o nascimento de Sasha Meneghel, filha da apresentadora Xuxa com o ator Luciano Szafir.

Esportes

A 16ª edição da Copa do Mundo da FIFA aconteceu na França e não traz boas lembranças para os brasileiros. Isso porque a França derrotou o Brasil por 3x0 na final, disputada no Stade de France, em Paris, e conquistou seu primeiro título mundial.

Além da dolorida derrota, a partida ficou marcada pela atuação apática de Ronaldo, que havia sofrido uma convulsão horas antes do jogo.

No Campeonato Brasileiro de futebol, o Corinthians derrotou o Cruzeiro e conquistou seu segundo título nacional. O Vasco da Gama conquistou a Libertadores da América no ano de seu centenário, mas perdeu a final do Mundial Interclubes para o Real Madrid, da Espanha.

O finlandês Mika Häkkinen se sagrou campeão mundial de Fórmula 1 defendendo a McLaren, batendo o alemão Michael Schumacher, da Ferrari.

Por fim, Rodrigo Pessoa foi campeão mundial de hipismo e Ronaldo da Costa estabeleceu o novo recorde da Maratona de Berlim, que já durava 10 anos.

Música

Foi um ano importante para a indústria fonográfica mundial. A jovem Britney Spears aparecia para o mundo com “Baby One More Time” e Celine Dion dominava as rádios com “My Heart Will Go On”, aproveitando o sucesso do filme “Titanic”.

No rock, o Metallica se estabelecia de vez nas paradas com “Whisky In The Jar”, conquistando o Grammy na categoria hard rock.

Os norte-americanos do Aerosmith também dominavam as rádios com “I Don’t Want to Miss a Thing”. Já no Brasil, as rádios se rendiam ao Charlie Brown Jr.

Cinema

Dirigido por James Cameron, “Titanic” arrebatou 11 estatuetas do Oscar, alçando Leonardo Di Caprio e Kate Winslet ao estrelato em Hollywood.

Política

Fernando Henrique Cardoso (PSDB) bateu Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e foi reeleito presidente do Brasil. Também em outubro, o ex-ditador Augusto Pinochet foi preso na Inglaterra por crimes de guerra.

Nos Estados Unidos, o presidente Bill Clinton admitiu ter mantido relações sexuais com a então estagiária Monica Lewinski. Atentados às embaixadas norte-americanas na Tanzânia e no Quênia também tiraram o sono da Casa Branca.

Tecnologia

A Apple lançou o iMac, computador que marcaria o início de uma nova fase para a empresa de Steve Jobs. Em setembro daquele ano nascia o Google.

Falecimentos

Perdemos nomes importantes da música, como Frank Sinatra, Tim Maia, Linda McCartney (primeira esposa de Paul McCartney), Nelson Gonçalves e Leandro (cantor sertanejo). O cineasta Akira Kurosawa e a ex-atleta Florence Griffith-Joyner também faleceram naquele ano

Mais Seu Automóvel