Topo

Testes e lançamentos


Avaliação: Porsche Boxster GTS atrai a R$ 467.000, nem tanto a R$ 523.656

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

14/08/2018 04h00Atualizada em 14/08/2018 10h04

Roadster de 365 cv combina baixo peso com motor possante, mas pode custar mais do que um 911 e aí... Assista

Dimensões reduzidas, baixo peso, motor central traseiro e tração traseira. Para muita gente essa é a combinação perfeita para fazer um bom esportivo. Assim é o Porsche Boxster GTS, a versão mais nervosa do Boxster que UOL Carros acelerou no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP).

Veja mais

+ UOL Carros destrincha Porsche Macan GTS, SUV de 360 cv
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe

Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Foi um encontro breve, mas produtivo. As cinco voltas no circuito que recebe o GP do Brasil de Fórmula 1 foram suficientes para conhecê-lo melhor. Mesmo sendo o modelo de entrada, logicamente ele não é tão barato assim: R$ 467 mil -- ou R$ 447 mil se você escolher o Cayman GTS, "irmão" com teto fechada do Boxster.

Fórmula de sucesso

Quem tiver bala na agulha para levá-lo para casa não vai se arrepender. O antigo motor 3.4 aspirado de seis cilindros foi substituído por um 2.5 turbinado de quatro cilindros opostos. A troca fez muitos fãs torcerem o nariz, mas mostrou-se acertada: com 365 cv, ele entrega 35 cv a mais em relação ao 6-cilindros aspirado do antigo GTS.

Força ele tem de sobra, precisando de 4,3 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h. A velocidade máxima é de 290 km/h. Boa parte de sua agilidade se deve também ao peso de 1.405 kg, resultando em uma ótima relação peso/potência de 3,8 kg/cv.

Fique à vontade

Ao girar a chave -- à esquerda da coluna de direção, como reza a tradição de um Porsche --, um ronco grave invade a cabine. O barulho aumenta de forma progressiva à medida que a velocidade aumenta, servindo como um incentivo a mais para pisar fundo.

Devido à posição central traseira, o motor fica próximo dos ouvidos do motorista, tornando a condução uma experiência sensorial. A posição de dirigir é baixa e a direção é bastante direta, obedecendo prontamente aos comandos.

Pode haver algum estranhamento se você nunca dirigiu um carro com motor traseiro. Isso, porém, não assusta os habituados a outros modelos da marca, especialmente o 911.

Pudemos constatar uma importante diferença entre eles, já que o evento realizado pela Porsche também nos deu a chance de pilotar um 911 GTS: o motorista não leva mais do que alguns minutos para se habituar ao Boxster, enquanto o 911 demanda um pouco mais de tempo (e cautela) até se acostumar às peculiaridades do carro.

O Boxster é um esportivo que faz o motorista se sentir à vontade mais rapidamente e parece mais “previsível” do que o 911. Importante frisar, porém, que isso não significa que ele seja menos divertido.

Quer pagar quanto?

Poucos carros recebem os passageiros tão bem quanto um Porsche. No caso do Boxster, os bancos "abraçam" muito bem o corpo.

Todos os comandos ficam voltados para o motorista, mas alguns deles são bem difíceis de ver -- como os vários botões posicionados à frente da manopla de câmbio.

A central multimídia com tela tátil de sete polegadas não é das mais modernas. Também não é fácil de navegar e nem é tão responsiva ao toque dos dedos.

O Boxster GTS pilotado por UOL Carros estava lotado de opcionais que encarecem (em muito) a conta final -- alguns, inclusive, com valores exorbitantes. Anote aí:

+ Logotipo "Porsche" pintado em preto (R$ 826)
+ Volante aquecido revestido em alcântara: R$ 2.690
+ Interior em couro com pacote "Alcantara GTS" em Vermelho Carmine: R$ 10.173
+ Pacote interior de iluminação: R$ 1.725
+ Sensores de estacionamento dianteiros e traseiros com câmera de ré: R$ 3.793
+ Sistema de som Bose: R$ 6.827
+ Suporte a Apple CarPlay: R$ 6.621
+ Pacote Sport Design pintado em preto brilhante: R$ 4.758
+ Aerofólio pintado em preto brilhante: R$ 2.001
+ Barras anti capotagem em preto brilhante: R$ 2.931
+ Para-sóis com acabamento em alcantara: R$ 2.381
+ Soleira em fibra de carbono: R$ 5.518
+ Coberturas do sistema de limpeza dos faróis pintadas na cor de contraste da carroceria    : R$ 1.171
+ Farois em LED com sistema PDLS: R$ 3.932
+ Tampa do compartimento de armazenamento em Alcantara: R$ 1.309

Recheado com todos os itens acima, o 718 Boxster GTS sai por R$ 523.656. O valor é bem mais alto do que o pedido pelo Jaguar F-Type V6 de 380 cv, avaliado em R$ 485.013.

Se a preferência for mesmo pela Porsche, dá para levar um 911 Carrera (R$ 517 mil) ou um 911 Carrera T (R$ 519 mil). Ambos usam motor 3.0 de seis cilindros com 370 cv e, no caso do Carrera T, câmbio manual de sete marchas.

Assim, o Boxster GTS só se torna uma boa compra se não estiver lotado de opcionais como o exemplar que avaliamos. Até porque não há quem resista ao charme de um 911.

Mais Testes e lançamentos