Topo

Testes e lançamentos

UOL Carros destrincha Volkswagen Amarok V6, picape de 225 cv e R$ 187.990

Murilo Góes/UOL
"Picapona" beira os R$ 190 mil, mas pode chegar a quase R$ 200 mil Imagem: Murilo Góes/UOL

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

11/08/2018 08h00Atualizada em 13/08/2018 17h34

Veja detalhes do modelo com motor de Audi, atualmente a picape mais potente à venda no Brasil

A Volkswagen Amarok nunca conseguiu ameaçar as líderes Chevrolet S10 e Toyota Hilux no mercado brasileiro.

Porém, a picape ganhou uma interessante versão que pode ajudar a turbinar suas vendas. Trata-se da V6 Highline, que, como o nome sugere, traz um “motorzão” 3.0 V6 turbodiesel, associado a um câmbio automático de oito marchas.

Veja mais

+ Avaliação: Polo GTI tem tudo que queremos ver no Polo GTS
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe

+ Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
+ Instagram oficial de UOL Carros
+ Siga UOL Carros no Twitter

Foi justamente esta versão, oferecida a R$ 187.990, que UOL Carros destrinchou nesta semana, em transmissão ao vivo que você pode assistir no vídeo acima.

Talvez você até conheça este motor, afinal ele é o mesmo que equipa o Audi Q7. São 225 cv e 56,1 kgfm de torque máximo, fazendo dela a picape mais potente à venda no país.

O torque, aliás, se manifesta já a partir de 1.500 rpm, e a cavalaria impulsiona a picape com vigor. É preciso cautela na hora de acelerar, principalmente porque a Amarok é uma picapona de mais de duas toneladas.

Bem recheada

A Amarok V6 também é bem equipada. Ela sai de fábrica com quatro airbags, faróis bixenônio com luzes de uso diurno de LEDs, câmera de ré, freios a disco nas quatro rodas, ABS off-road, frenagem automática pós-colisão, controles de estabilidade e de tração, controle de velocidade em descidas, assistente de partida em rampas, sistema de assistência à frenagem, bloqueio eletrônico do diferencial, ganchos de fixação Isofix, volante multifuncional com regulagem de altura e profundidade, sensores de chuva e de luminosidade, ar-condicionado digital de duas zonas, bancos revestidos parcialmente em couro e central multimídia Discover Media com Bluetooth, tela tátil de 6,3 polegadas, CD player, duas entradas para cartão SD, entrada auxiliar e porta USB.

A unidade destrinchada por UOL Carros tinha dois opcionais: capota marítima (R$ 1.050) e rodas de liga leve de 19 polegadas com pneus 255/55 (R$ 2.720). Assim, o valor total da picape é de R$ 191.760.

Se o cliente quiser acrescentar engate para reboque (R$ 1.010), a conta total salta para R$ 192.770.

Quase R$ 200 mil

Além da versão Highline, há ainda a Highline Extreme (R$ 197.930), que traz acessórios visuais mais esportivos, incluindo rodas de 20 polegadas calçadas com pneus 255/50, carpetes exclusivos, bancos revestidos em couro do tipo nappa, santantônio na cor da carroceria e pintura especial na caçamba que elimina a necessidade do protetor -- oferecido como opcional.

Seja qual for a versão, o design é o mesmo da reestilização realizada em 2016, que trouxe faróis com luzes diurnas de led, para-choques novos e um interior mais refinado.

Errata: o texto foi atualizado
13/08/2018 às 16h00
No quinto parágrafo foi escrito erroneamente que a Amarok pesa "mais de três toneladas". Na verdade o peso em ordem de marcha é de 2.185 kg. O que passa de três toneladas é o Peso Bruto Total, que considera também a capacidade de carga de 1,1 tonelada do veículo. Informação já corrigida no texto.

Mais Testes e lançamentos