Topo

Testes e lançamentos

Nissan vai produzir 50 unidades de GT-R com design exclusivo e 720 cv

Divulgação
GT-R50 será feito artesanalmente por estúdio de design italiano Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

10/07/2018 12h15

Projeto feito pela Italdesign celebra os 50 anos do supercarro

A boa receptividade do público foi o sinal verde para a Nissan autorizar a produção do GT-R50 Italdesign. O veículo nasceu como um conceito para celebrar os 50 anos do GT-R e agora terá apenas 50 unidades produzidas.

Veja mais:

Saiba o que muda na Frontier argentina, que chega neste ano
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe

Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Todos os veículos serão feitos artesanalmente pelo estúdio Italdesign, responsável pelas linhas do protótipo. A empresa afirma que cada unidade será personalizada de acordo com o gosto do futuro proprietário. Nada mais lógico considerando que será preciso desembolsar a bagatela de 900 mil euros para levar um GT-R50 para casa.

Mais potência

O esportivo é baseado no GT-R Nismo, movido por um motor 3.8 V6 biturbo de 608 cv. A potência, no entanto, foi aumentada para 720 cv, graças à adoção de peças do veículo utilizado nas competições de turismo GT3, como turbocompressores maiores, virabrequim reforçado e novos pistões e bielas.

Os amortecedores Bilstein foram reforçados e o carro ganhou um sistema de freios mais potente, além de diferencial e transmissão de dupla embreagem reforçados para suportar o aumento de potência.

Divulgação
Lanternas parecem estar "flutuando" por conta de efeito tridimensional Imagem: Divulgação

Cara nova

Tanto a carroceria quanto o interior foram profundamente modificados em relação ao projeto original. A dianteira ganhou contornos mais arredondados e faróis mais espichados, além de um teto 54 milímetros mais baixo e linha de cintura mais alta.

As lanternas redondas foram mantidas, mas ganharam uma moldura tridimensional que dá a impressão de que elas estão flutuando. Um aerofólio bem pronunciado dá o toque final na parte de trás. A pintura, por sua vez, combina tons exclusivos de cinza e dourado.

O interior tem acabamento em dois tipos de fibra de carbono no console central, painel e portas. O quadro de instrumentos agora é digital.

Mais Testes e lançamentos