Topo

Seu Automóvel

Ford faz recall de 35.526 Ranger por causa dos airbags fatais da Takata

Divulgação
Ford Ranger 2012: primeiro ano-modelo da atual geração está no chamado junto com a geração antecessora Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

26/06/2018 15h11

Picape é mais um modelo a oferecer risco de lesões e até morte em caso de deflagração do dispositivo

A picape Ford Ranger é mais uma "vítima" dos airbags fatais da Takata. Nesta terça-feira (26) a marca anunciou o recall de 35.526 unidades da picape média no Brasil, ano-modelo 2005 a 2012, por risco de "os insufladores se romperem devido à excessiva pressão interna" durante a deflagração das bolsas frontais de motorista e passageiro.

Em caso de acidente com rompimento, "fragmentos metálicos poderão ser projetados ao interior do veículo, podendo causar danos físicos graves ou até mesmo fatais aos seus ocupantes", tal qual ocorre com outros milhões de automóveis espalhados pelo mundo.

Veja mais

+ Dono de carro com airbag fatal pode entrar na Justiça? Veja
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Estão envolvidas unidades com os seguintes intervalos alfanuméricos de chassis (últimos oito dígitos) e seguintes períodos de produção:

+ Ranger 2005: 5J389783 a 5J448881 (4 de outubro de 2004 a 23 de agosto de 2005)
+ Ranger 2006: 6J010290 a 6J499251 (2 de março de 2006 a 28 de junho de 2006)
+ Ranger 2007: 7J077581 a 7J099434 (22 de abril de 2006 a 16 de junho de 2007)
+ Ranger 2008: 8J151620 a 8J197736 (10 de abril de 2007 a 15 de agosto de 2008)
+ Ranger 2009: 9J198587 a 9J255541 (22 de julho de 2008 a 19 de maio de 2009)
+ Ranger 2010: AJ258039 a AJ325821 (12 de fevereiro de 2009 a 10 de abril de 2010)
+ Ranger 2011: BJ330309 a BJ449850 (26 de março de 2010 a 16 de julho de 2011)
+ Ranger 2012: CJ013230 a CJ499388 (1º de julho de 2011 a 31 de janeiro de 2012)

Clientes envolvidos já podem agendar atendimento nas concessionárias para inspeção e eventual reparo, pelo telefone 0800 703 3673. Tempo estimado de serviço é de 25 minutos para unidades dotadas apenas de airbag do motorista, ou 45 minutos para aquelas que também possuem dispositivo do lado do passageiro.

Mais Seu Automóvel