Topo

Testes e lançamentos

Alfa Romeo aposta em retorno de esportivos e novos SUVs até 2022

Divulgação
Alfa Romeo oferecerá versões "eletrificadas" de todos os modelos Imagem: Divulgação

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/06/2018 08h00

Marca ainda vai oferecer versões híbridas ou elétricas de seus carros

A Alfa Romeo vai investir em dois segmentos vitais para sua existência nos próximos quatro anos: esportivos e SUVs.

Serão sete novos produtos até 2022. Um dos próximos lançamentos será o novo GTV. Descontinuado em 2006, o esportivo voltará às ruas como uma versão cupê do Giulia -- acompanhado do "sobrenome" Quadrifoglio, ele vai encarar Audi RS 5, BMW M4 e Mercedes-AMG C 63.

O GTV será lançado na Europa em 2022, mesmo ano previsto para a chegada do novo 8C. O superesportivo terá um motor central híbrido biturbo impulsionando as rodas de trás e um motor elétrico incumbido de movimentar as dianteiras. A expectativa da Alfa é de que o 8C acelere de 0 a 100 km/h em menos de três segundos.

O 8C terá um chassi monocoque de fibra de carbono e linhas bastante sinuosas, antecipadas pelo primeiro esboço liberado pela FCA.

Veja mais:

Jeep confirma "mini SUV" e mais seis novidades
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Sim aos SUVs

Aproveitando o sucesso do Stelvio, a Alfa Romeo lançará mais dois SUVs. Um deles será mais compacto, feito para concorrer com Volvo XC40, BMW X2 e Jaguar E-Pace, enquanto o segundo será maior que o Stelvio, batendo de frente com nomes como BMW X5, Mercedes-Benz GLE e Audi Q7. O Stelvio concorre com X3, Q5 e cia.

Além dos quatro lançamentos, a marca lançará versões alongadas de Giulia e do próprio Stelvio. Estes modelos devem alavancar as vendas da Alfa Romeo na China: a previsão da empresa é saltar dos 2,6 milhões de unidades em 2017 para 3,2 milhões em 2022.

Arnd Wiegmann/Reuters
Stelvio é o SUV médio da Alfa Romeo; até 2022, marca vai lançar um SUV compacto e um grande Imagem: Arnd Wiegmann/Reuters

Futuro de híbridos

Outra novidade é que a Alfa Romeo deixará de investir em motores a diesel. Sendo assim, não será difícil ver modelos híbridos nos próximos anos. De acordo com a FCA, "todo Alfa Romeo será um modelo inteiramente novo ou reestilizado" e eles serão "eletrificados".

Giulia e Stelvio vão receber atualizações visuais de meia vida, além de motorizações híbridas plug-in e tecnologias de condução semiautônoma com maior conectividade.

O mesmo ocorrerá com o Giulietta, que permanecerá como representante da marca no segmento de compactos, rivalizando com Audi A3 Sportback, BMW Série 1 e Mercedes-Benz Classe A.

Mais Testes e lançamentos