Topo

Mobilidade

Volvo vai apostar nos motores híbridos e matar de vez o diesel

Divulgação
Marca promete vender apenas carros híbridos e elétricos a partir de 2019 Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

18/05/2018 04h00

Nova geração do S60, que vem ao Brasil, terá opções a gasolina, híbrida e micro-híbrida

O novo Volvo S60 será o primeiro modelo da marca sem oferta de motor a diesel. De acordo com a fabricante, isso representa um compromisso com “futuro de longo prazo além de propulsores de combustão tradicional”.

Em outras palavras, a marca está cumprindo sua promessa de vender apenas veículos híbridos (convencionais ou do tipo plug-in) ou elétricos a partir de 2019.

Veja mais

+ Volvo XC40 tem estilo e equipamento para bombar no Brasil
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

"Nosso futuro é elétrico e não vamos mais desenvolver uma nova geração de motores a diesel. Vamos descontinuar os carros apenas com motor de combustão interna, oferecendo versões híbridas a gasolina como opção de transição à medida que avançamos para a eletrificação total. O novo S60 representa o próximo passo nesse compromisso", afirmou Håkan Samuelsson, presidente e CEO da empresa.

Foi em 2017 que a Volvo anunciou o fim dos motores a gasolina dentro de, no máximo, três anos. A marca estima que os carros 100% elétricos representem metade de suas vendas globais até 2025.

O novo S60 chegará ao mercado brasileiro em 2019 -- a perua V60 desembarca no país ainda neste ano. Feito sobre a plataforma modular SPA (aproveitada em lançamentos recentes da Volvo, como o XC60), o sedã ainda será vendido com motorização a gasolina, mas terá também duas versões híbridas plug-in a gasolina. As versões micro-híbridas serão lançadas em 2019.

A produção do modelo será realizada exclusivamente na fábrica de Charleston, nos Estados Unidos, responsável por abastecer o mercado norte-americano e toda a demanda do mundo inteiro.

Mais Mobilidade