Topo

Testes e lançamentos

Citroën revela como será o "SUV" C4 Cactus brasileiro; veja imagens

Divulgação
Citroën C4 Cactus brasileiro: quase igual, mas não idêntico ao europeu Imagem: Divulgação

Leonardo Felix e Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/05/2018 14h40

Modelo terá design quase idêntico ao homônimo europeu, mas com diferenças de projeto e plataforma

A Citroën divulgou nesta segunda-feira (7) as duas primeiras imagens do C4 Cactus, crossover compacto que será produzido em Porto Real (RJ) e lançado no Brasil no segundo semestre deste ano para concorrer com Honda HR-V, Nissan Kicks, Hyundai Creta e afins.

Conforme antecipado por UOL Carros em janeiro deste ano, o modelo será lançado no segundo semestre, pouco antes do Salão do Automóvel de São Paulo -- provavelmente entre setembro e outubro, enquanto a mostra ocorre em novembro.

Preços tendem a ficar na faixa de R$ 70 mil a R$ 100 mil.

Chamá-lo de SUV seria um pouco forçado, visto que o modelo é um crossover: mais alongado que alto, possui muito mais um jeitão de "hatch anabolizado". Entretanto, é possível perceber que a marca se esforçará para vendê-lo como tal, já que resolveu até incluir a sigla "SUV" junto ao nome do carro nas placas das imagens divulgadas. Que seja um "SUV", entre aspas, então.

Veja mais

+ Crise faz Citroën romper com grupo que trouxe marca ao país
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Divulgação
Apliques estilizados nas laterais, muitos protetores de plástico, teto bicolor e boa altura em relação ao solo (perceba o vão entre rodas e caixas) reforçam proposta aventureira do C4 Cactus Imagem: Divulgação

Global, mas com soluções locais

Modelo deve utilizar motor 1.6 naturalmente aspirado (119 cv) ou 1.6 turbo (173 cv), ambos flex e com potência máxima apontada com etanol. Câmbio será manual de cinco ou automático de seis marchas, inclusive na configuração 1.6 THP, algo ainda inédito na gama de produtos nacionais da PSA.

Plataforma, uma atualização da atual matriz PF1 -- que dá vida ao nosso C3 e também aos Peugeot 208 e 2008 produzidos localmente --, possui reforços de estrutura e alongamento de bitolas e entre-eixos. Essa base tem tudo para gerar as próximas gerações de todos os produtos da PSA listados neste parágrafo.

Apesar de ter uma matriz diferente do europeu -- o modelo espanhol (sim, francês só o projeto) é construído sobre a EMP2 --, o C4 Cactus brasileiro terá visual quase idêntico.

Há, contudo, duas diferenças importantes, também adiantadas por UOL Carros em março: 1) os vidros das portas traseiras não serão basculantes, mas sim com abertura tradicional (por acionamento elétrico); 2) o desenho das rodas será exclusivo e também mais convencional.

Na fotografia do ângulo traseiro é possível dar um zoom na janela do motorista e perceber ainda alguns elementos da cabine. Volante possui desenho parecido com o do europeu, mas -- de novo -- aplicando soluções locais para os comandos multifuncionais. Quadro de instrumentos digital monocromático é herdado do novo C4 Lounge.

Nossa reportagem aposta que o painel terá outras diferenças, utilizando materiais mais convencionais do que o do Cactus vendido no Velho Continente (cujo porta-luvas é duplo e cujo estilo de acabamento interno remete ao estilo e materiais usados em valises e malas de luxo, com tecidos como lona, sarja, bem como puxadores articulados por presilhas metálicas).

Fora isso, o design externo terá a mesma pegada. Dianteira e lanternas traseiras lembram bastante outro modelo da família C4, a minivan C4 Picasso. Há muitos apliques de plástico por toda a carroceria e até a cor de lançamento, azul com teto branco, será a mesma do facelift apresentado à Europa no fim do ano passado.

Divulgação
Olha o zoom! Aproximando mais a imagem do vidro do motorista conseguimos enxergar como serão volante e quadro de instrumentos do C4 Cactus brasileiro Imagem: Divulgação

Mais Testes e lançamentos