Topo

Salão de Pequim

Conceitos de Pequim mostram: carro chinês já é capaz de fazer sonhar

Josias Silveira, Leonardo Felix

Do UOL, em Pequim (China) e São Paulo (SP)

26/04/2018 12h15

Protótipos exibidos por marcas locais no salão ousam com tecnologia e conectividade. E querem conquistar os EUA

Mais de um bilhão de chineses também sonham. Com carros, claro. Os fabricantes locais tentam dar forma a esses sonhos fazendo conceitos para brilhar no Salão de Pequim 2018. Marcas praticamente desconhecidas no mundo ocidental exibem protótipos que mexem com a imaginação dos visitantes.

Na maioria dos casos são apenas estudos isolados, sem muita chance de que um dia cheguem à produção, mas quem sabe? UOL Carros mostra os carros-conceito que mais se destacam na mostra, e que comprovam como está acelerado o desenvolvimento dos veículos chineses.

Há bom destaque para SUVs, crossovers, elétricos, autônomos, conectividade... Enfim, tudo que está em moda no mundo sobre rodas.

Veja mais

Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Do futurismo ao quase real

Poucos ouviram falar da Wey. Trata-se da marca de luxo da Great Wall, uma das maiores fabricantes locais cujo nome faz clara homenagem às muralhas da China. Ela está para a Great Wall assim como a Lexus para a Toyota. E tem pretensão de ser a primeira marca de luxo chinesa a entrar no mercado americano.

Para isso, apresentou em Pequim o chamativo crossover X Concept, que mistura um esportivo com SUV. O protótipo simula um modelo pertencente ao nível cinco (o grau máximo) na escala de autônomos, e que inclusive projeta o holograma em escala reduzidade uma "assistente" de condução no banco do passageiro.

Com cara de Tesla Model S, o Wey-X Concept traz uma ousada traseira com vidros da tampa do porta-malas repartidos por uma coluna central verticalizada.

Outra que quer conquistar o mercado americano é a GAC, que apresenta em Pequim GAC o conceito Enverge, já exibido em janeiro no Salão de Detroit. Largo, anabolizado e bastante estiloso, o protótipo prenuncia o ingresso da marca nos EUA já em 2019.

Já a Dongfeng, outra marca chinesa de atuação bem local (mas que tem participação importante no quadro de acionistas do grupo PSA Peugeot-Citroën), apareceu com um protótipo também denominado X Concept, porém com logotipo da marca Venucia, uma das marcas associadas à Dongfeng.

Trata-se de um enorme SUV com capô longo e linhas, digamos, robustas. Associada na China à Nissan, a Dongfeng produz modelos bem mais comportados por aqui, muitos utilizando apenas a insígnia da própria Nissan. Com a Venucia a ideia é seguir projetos mais arrojados.

Outra desconhecida a atacar é a HaiMa, marca surgida em 1992 em associação com a japonesa Mazda. O casamento acabou em 2006, mas a HaiMa seguiu atuando como independente e aposta em protótipos de linhas mais simples, como o conceito F7, esboço de um "suvão" com frente que lembra a atual identidade visual da Nissan e traseira que remete e crossovers de Peugeot e GM.

Confira mais protótipos em nosso álbum exclusivo, no topo desta reportagem.

Mais Salão de Pequim