Topo

Mão na roda

Compass, HR-V, Corolla... Veja os 10 carros mais vendidos no Brasil com ESP

Divulgação
Além de ter sido o SUV mais vendido em 2017, o Compass foi também o carro mais emplacado que possui ESP Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

19/04/2018 04h00

Obrigatório em 2022, controle de estabilidade já está em quase 40% dos novos carro vendidos

O controle eletrônico de estabilidade, conhecido como ESP, ESC, VSA ou até mesmo outras siglas, a depender da fabricante, é um item de segurança de extrema importância que já começou a se popularizar, conforme já relatado por UOL Carros.

Através de sensores de esterço e giro nas rodas, consegue antever situações em que o veículo está prestes a sair do controle do motorista e corrigi-las, a partir da distribuição de torque e de uso quase imperceptível dos freios, a tempo de manter o veículo na trajetória e evitar um acidente.

Tamanha é sua relevância que em mercados como Estados Unidos e Europa ele já é obrigatório há alguns anos. No Brasil, passará a ser impreterível em novos projetos a partir de 2020, e em todos os automóveis zero-km até 2022.

Veja mais

Toyota Corolla é carro mais blindado do Brasil
Chevrolet S10 Midnight: picape fica malvada com visual todo preto 

Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Assim como aconteceu com os freios ABS e os airbags frontais, as montadoras já estão aumentando gradualmente a oferta do equipamento como item de série em seus produtos, a fim de ganhar escala e reduzir custos da inclusão.

Segundo dados da consultoria Jato Dynamic do Brasil, obtidos em primeira mão por UOL Carros, 38% dos carros novos emplacados em nosso país nos dois primeiros meses de 2018 vieram de fábrica equipados com o controle de estabilidade. Em números absolutos, estamos falando de aproximadamente 103 mil veículos. 

Alguns modelos de valor médio mais alto, como Jeep Compass, Honda HR-V e Toyota Corolla, oferecem ESP em toda a gama. Já aqueles de porte mais compacto e preços mais acessíveis, caso de Volkswagen Polo e Fiat Argo, ainda restringem o item às versões mais caras.

Veja abaixo quais foram os 10 modelos mais emplacados no primeiro bimestre de 2018 entre os que dispõem do equipamento:

1º. Jeep Compass
Murilo Góes/UOL
Imagem: Murilo Góes/UOL

+ Versões dotadas de ESP: todas
+ Faixa de preços: R$ 109.990 a R$ 170.710
+ Unidades vendidas: 8.148

2º. Honda HR-V
Murilo Góes/UOL
Imagem: Murilo Góes/UOL

+ Versões dotadas de ESP: todas
+ Faixa de preços: R$ 81.900 a R$ 108.900
+ Unidades vendidas: 7.467

3º. Toyota Corolla

+ Versões dotadas de ESP: todas
+ Faixa de preços: R$ 89.990 a R$ 118.850
+ Unidades vendidas: 7.228

4º. Nissan Kicks
Divulgação
Imagem: Divulgação

+ Versões dotadas de ESP: todas
+ Faixa de preços: R$ 72.990 a R$ 98.890
+ Unidades vendidas: 6.411

5º. Volkswagen Polo TSI
Murilo Góes/UOL
Imagem: Murilo Góes/UOL

+ Versões dotadas de ESP: Comfortline 200 TSI e Highline 200 TSI
+ Faixa de preços: R$ 67.150 (Comfortline) a R$ 71.760 (Highline)
+ Unidades vendidas: 6.365

6º. Honda Fit
Divulgação
Imagem: Divulgação

+ Versões dotadas de ESP: todas
+ Faixa de preços: R$ 59.300  a R$ 81.700
+ Unidades vendidas: 5.513

7º. Hyundai Creta
Murilo Góes/UOL
Imagem: Murilo Góes/UOL

+ Versões dotadas de ESP: todas
+ Faixa de preços: R$ 76.350 a R$ 102.580
+ Unidades vendidas: 4.689

8º. Jeep Renegade
Murilo Góes/UOL
Imagem: Murilo Góes/UOL

+ Versões dotadas de ESP: todas
+ Faixa de preços: R$ 75.790 a R$ 128.990
+ Unidades vendidas: 4.674

9º. Ford EcoSport
Reprodução/UOL
Imagem: Reprodução/UOL

+ Versões dotadas de ESP: todas
+ Faixa de preços: R$ 68.690 a R$ 99.990
+ Unidades vendidas: 4.223

10º. Chevrolet Cruze
Divulgação
Imagem: Divulgação

+ Versões dotadas de ESP: todas
+ Faixa de preços: R$ 96.790 a R$ 109.790
+ Unidades vendidas: 3.236

Mais Mão na roda