Topo

Testes e lançamentos

Ford Fiesta ST surge com 200 cv na Europa; Brasil segue uma geração atrás

Do UOL, em São Paulo (SP)

13/03/2018 04h00

Lançamento do "hot-pocket" deixou nossa redação com "inveja branca"

A Ford revelou nesta segunda-feira (12) detalhes do Fiesta  ST 2019, que será lançado no mercado europeu nos próximos meses com tecnologias voltadas ao desempenho e ao prazer em se dirigir.

Além de suspensão traseira com molas mais preparadas, o hatch oferece diferencial de escorregamento limitado e controle de arrancada como opcionais -- veja estes itens em ação no vídeo acima.

Com motor de três cilindros 1.5 turbo (EcoBoost) de 200 cavalos, ele acelera de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos e pode chegar a 232 km/h. Além de todo esse desempenho, o novo Fiesta  ST conta com válvula de escapamento ativa para amplificar o ronco do motor e ainda pode desativar um cilindro para reduzir o nível de consumo e de emissões.

Veja mais

Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe

Divulgação
Fiesta ST 2019 tem duas portas e desempenho de carro esportivo, exatamente como os fãs queriam Imagem: Divulgação

Ele é preparado

Segundo a Ford, são três modos de direção: normal, esporte e pista, que dão flexibilidade ao veículo, fazendo o melhor ajuste do motor, direção e dos controles de tração, estabilidade e torque vetorial para cada condição de uso.

O carrinho ainda traz tecnologias de assistência para condução, como controle de cruzeiro adaptativo (ACC), assistente de manutenção do carro na faixa e reconhecimento de sinais de trânsito, além da última geração da central multimídia Sync em telas de 6,5 ou 8 polegadas e som da Bang & Olufsen.

Rodas são de 17 ou 18 polegadas, os bancos esportivos da grife Recaro  e o volante tem base reta.

"Fãs de hatches esportivos esperam grandes coisas desse carro. Aplicamos no novo Fiesta  ST o que aprendemos com recentes modelos da Ford Performance, como o Focus RS e o Ford GT, para ser a referência em prazer de dirigir", ressalta Leo Roeks, diretor da Ford Performance na Europa.

Divulgação
Esta é uma das primeiras derivações da nova geração do carro, apresentada no Salão de Frankfurt 2017 Imagem: Divulgação

Mais Testes e lançamentos