Topo

Salão de Genebra

Toyota Auris dá pistas de como será novo Corolla híbrido flex brasileiro

Pierre Albouy/Reuters
Toyota Auris Hybrid no Salão de Genebra 2018 Imagem: Pierre Albouy/Reuters

Eugênio Augusto Brito, Vitor Matsubara, Leonardo Felix

Do UOL, em Genebra (Suíça) e São Paulo (SP)

06/03/2018 12h09

"Primo" da próxima geração do Corolla foi apresentado no Salão de Genebra, e antecipa muito do que estará no sedã

À primeira vista, a nova geração do Auris não interessa para o Brasil. Afinal de contas, o hatch médio é um produto vendido apenas em alguns mercados da Europa Central – o que justifica sua estreia mundial no Salão de Genebra (Suíça), iniciado nesta semana.

Entretanto, como o Auris é um projeto derivado do nosso velho conhecido Corolla. Portanto, é bem provável que muita coisa vista hatchback seja adotada no maior sucesso de vendas da Toyota no mundo. A começar pela plataforma modular TNGA, já usada por Prius e também pelo crossover C-HR, e que será aplicada ao sedã em sua 12ª geração.

UOL Carros conversou com um executivo da divisão europeia em Genebra para conseguir outras pistas de como será o futuro Corolla nacional.

Veja mais

Toyota confirma produção do Yaris para junho
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe

Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Por exemplo, a nova geração do sedã deve aproveitar os motores 1.8 e 2.0 híbridos usados pelo Auris. Só que para o projeto brasileiro haverá uma particularidade: a fabricante desenvolve um conjunto híbrido flex a partir de um desses motores (ainda não foi revelado qual).

O que já sabemos, após consulta com fontes ligadas à empresa, é que o Corolla 12 brasileiro terá, pelo menos, uma versão híbrida. Lançamento global da próxima geração do três volumes só ocorrerá daqui a um ano na Europa, coincidindo justamente com o início das vendas do Auris. Por aqui, porém, o novo sedã só deve chegar em 2020.

Toyota Auris e Lexus UX são destaques no Salão de Genebra

UOL Carros

Lexus revela SUV com "cara" de Brasil

A Lexus, marca de luxo da Toyota, levou para Genebra um modelo que parece feito sob medida para mercados ávidos por SUVs, como o Brasil. O UX é construído sobre a mesma plataforma TNGA de Auris e Prius, porém rebatizada para GA-C.

Será dele a responsabilidade de estrear as novas motorizações 2.0 híbrida de 178 cv e 2.0 a gasolina – esta última associada a uma inovadora transmissão "DSG-CVT", dotada de um conjunto de engrenagens que faz a transmissão inicial de torque do motor para as rodas no momento da arrancada, solucionando a "sensação de lentidão" proporcionada pelo CVT convencional.

O UX tem 4,45 metros de comprimento, 1,52 metro de altura e 1,84 metro de largura, com distância entre eixos de 2,64 metros. O design mescla elementos como a grade frontal típica dos modelos da marca com uma fileira de 120 leds interligando as lanternas.

Em setembro do ano passado, UOL Carros apurou que o UX será lançado no mercado brasileiro no último trimestre de 2018 – com provável presença no Salão do Automóvel de São Paulo, que acontece na capital paulista em novembro.

Mais Salão de Genebra