Topo

Testes e lançamentos

Chery Tiggo 2 enfim ganhará as ruas, um pouco menos chinês e mais Caoa

Matheus Gamito Norce/UOL
Por fora, Chery Tiggo 2 será lançado do mesmo jeito que foi mostrado no Salão de SP de 2016 Imagem: Matheus Gamito Norce/UOL

Fernando Calmon e Leonardo Felix

Do UOL, em São Paulo (SP)

05/03/2018 11h56

"Suvinho" recebe atualizações antes de lançamento, no fim de março; versão com câmbio CVT chega no 2º semestre

Vem aí o primeiro produto fruto da recém-anunciada parceria entre a fabricante chinesa Chery e o grupo Caoa, conhecido no Brasil por importar oficialmente veículos das marcas Hyundai e Subaru. Será o "mini-SUV" Tiggo 2, que será vendido como segunda geração do velho Tiggo (embora seja, na prática, de um segmento abaixo).

Aguardado pelo mercado brasileiro desde o início de 2017 -- tanto que foi exibido no Salão de São Paulo do ano anterior --, o "Tigguinho" chega com mais de um ano de atraso, mas ainda a tempo de intensificar o plano de recuperação da marca chinesa no país. UOL Carros apurou que o modelo será lançado no fim de março e ganhará as ruas efetivamente em abril.

Veja mais

+ Caoa Chery promete até carro elétrico; veja planos
+ Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
+ Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
+ Instagram de UOL Carros
+ Siga UOL Carros no Twitter

Um retoque, por favor

Nossa reportagem também obteve informações de que a Caoa exigiu, de última hora, modificações no projeto original -- concebido na China quando a Chery ainda controlava 100% as operações no Brasil --, que utiliza plataforma do hatch Celer e será produzido em Jacareí (SP).

No entendimento de engenheiros contratados para avaliar o modelo quando o grupo assumiu a representação da marca, seriam necessários aprimoramentos na parte de acabamento interno, equipamentos e central multimídia para deixá-lo atualizado em relação à concorrência (leia-se JAC T40).

Afinal, o Tiggo 2 é um carro prestes a completar dois anos de vida, tendo estreado globalmente no Salão de Pequim de 2016. Com o atual dinamismo da indústria automotiva, estamos falando de um período em que muitas novidades de conforto e conectividade surgiram no mercado.

Murilo Góes/UOL
Cabine do Tiggo 2 deve receber algumas mudanças em relação ao que foi exibida em 2016 Imagem: Murilo Góes/UOL

MT agora, CVT depois

É por isso que algumas unidades do modelo estão sendo vistas praticamente sem camuflagem em intensos testes por ruas e estradas. Na semana passada o leitor Matheus Gamito Norce flagrou uma unidade rodando pelas ruas de São José dos Campos, cidade vizinha a Jacareí.

Trem-de-força será o mesmo da família ;Celer: motor 1.5 Acteco flex de 109/113 cv e 14,3/15,5 kgfm (gasolina/etanol), acoplado a câmbio manual de cinco marchas. Preço inicial deve ficar na casa de R$ 60 mil. Configuração automática, com caixa do tipo CVT, estará disponível só no segundo semestre.

Mande flagras por e-mail ou no nosso novo WhatsApp

Se você fotografar ou filmar um carro diferente e/ou camuflado, envie para UOL Carros, com seu nome completo, RG e/ou CPF, telefone, cidade de residência e local do flagra. A critério da Redação, elas podem ser publicadas, sempre com o devido crédito ao autor. Não há remuneração.

UOL Carros também usa o WhatsApp como forma de receber suas imagens: basta adicionar o +55 11 9-7670-4028. Segue válida a forma por e-mail uolcarros@uol.com.br.

Murilo Góes/UOL
No último salão de SP visual do Tiggo 2 agradou visitantes; boa impressão se converterá em vendas? Imagem: Murilo Góes/UOL

Mais Testes e lançamentos