Topo

Testes e lançamentos

BMW X2 chega até junho por R$ 230 mil; "suvão" X7 também vem ao Brasil

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

31/01/2018 04h00

Modelo será rival, entre outros, do novo Jaguar E-Pace

A BMW já tem data de chegada e até preço para o X2 no Brasil.UOL Carros conseguiu sondar fontes ligadas à marca que apontam: o crossover chega por importação a partir de junho e terá valores entre R$ 230 mil e R$ 270 mil. São etiquetas próximas às do Jaguar no E-Pace para o Brasil. Ambos serão rivais de mercado.

Embora não confirmadas oficialmente, essa informação bate com a declaração oficial da diretora de marketing da BMW do Brasil, Nina Dragone, sobre o posicionamento local do X2.

"O [preço do] X2 será muito mais próximo do X1 do que do X3", garante a executiva, apontando que o X1 orbita entre R$ 192 mil e R$ 233 mil. Maior e mais refinado, o novo X3 fica ocupando a casa dos R$ 300 mil.

UOL Carros listou cinco pontos positivos e cinco negativos sobre o X2, recentemente. Clique aqui para ler.

Veja mais

+ Jaguar E-Pace já pode ser encomendado; veja preço
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram oficial de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

X3 e X7

Hora de falar dos SUVs: o X3, como já publicamos, desembarca em março com preços de R$ 309.950 (xDrive30i X Line) e R$ 397.950 (M40i). UOL Carros também apurou que haverá ainda uma versão mais em conta, provavelmente no relançamento da produção nacional do modelo -- por ora, nova geração chega ao país por importação. 

Além disso, o Brasil será um dos destinos do futuro X7, SUV grande de sete lugares que surgiu como conceito no Salão de Frankfurt do ano passado. Com muita tecnologia embarcada, é certo que o modelo será produzido visando o mercado europeu, mas também China e EUA, a partir de 2019. Resta saber de onde virão as configurações a serem importadas ao nosso país.

BMW X2 fez sucesso em Detroit; UOL Carros mostra detalhes

UOL Carros

Brasil quer SUVs

A investida em utilitários segue a tendência mundial de SUVs, mas o Brasil consegue ser ainda mais ávido por este tipo de veículo, diz a marca. 

"Desde o lançamento do X5, em 1999, a gama X só cresceu. Para se ter uma ideia, no Brasil a família X é responsável por cerca de 55% das vendas da BMW", revelou Nina -- no mundo, 1/3 dos carros vendidos pela BMW são SUVs.

"Investimos R$ 1 bilhão nos últimos quatro anos no Brasil e agora esperamos previsibilidade", explica Helder Boavida, presidente e CEO do BMW Group Brasil. O executivo ainda revelou que aproximadamente 60% do que a BMW produz em Araquari (SC) são utilitários (incluindo exportação) e que hoje em dia 80% dos carros que marca vende no Brasil são nacionais, marca que pode deve ser ampliada, se as condições nacionais de produção permitirem.

Mais Testes e lançamentos