Segredos automotivos

VW Argentina revela segredos até para o Brasil: tem SUVs e Gol novo

Eugênio Augusto Brito/UOL
Volkswagen: marca vai renovar sua linha totalmente até 2020 Imagem: Eugênio Augusto Brito/UOL

Leonardo Felix

Do UOL, em São Paulo (SP)

05/12/2017 11h58Atualizada em 06/12/2017 12h49

Volkswagen Tarek será SUV feito na Argentina; VW T-Cross será brasileiro feito em 2018; VW Saveiro muda de porte e Novo Gol surge até 2020

A Volkswagen do Brasil bem que tenta fazer mistério, mas as divisões de outros países insistem em contar seus segredos mundo afora. Foi assim na Alemanha em relação ao Virtus, alguns meses atrás. Agora, foi a vez da Volkswagen da Argentina revelar tudo: dar o nome do novo SUV médio-compacto, indicar um novo crossover urbano (sucessor do CrossFox), revelar que a picape do Polo vai ser a Nova Saveiro e ainda que teremos uma nova geração do Gol. 

Durante um jantar de fim de ano realizado com jornalistas locais, a divisão portenha da marca simplesmente revelou quais serão os 13 próximos carros prometidos pela montadora para fabricação em solo brasileiro até 2020. A lista de lançamentos foi exibida em um rápido slide, que aparece logo abaixo. A imagem foi captada pelo repórter Guido Tonelli, da revista Motorpress Auto, que gentilmente a cedeu à nossa reportagem.

Guido Tonelli/Motorpress Auto
Apresentação em festa de fim de ano da Volks Argentina revelou tudo que a Volks do Brasil tentava esconder Imagem: Guido Tonelli/Motorpress Auto

Veja mais

Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter

Nova Volkswagen

Observe os 11 carrinhos que aparecem ocultos sob uma bandeira do Brasil. São os que, obviamente, serão produzidos aqui. Junte a eles o já lançado Polo e o Virtus e, bingo!, chegamos aos tais 13 lançamentos.

A boa notícia é que, entre os carros que não foram mostrados ainda, UOL Carros já havia antecipado boa parte desses produtos -- o slide serve como confirmação de tudo. Com essas informações, vamos às definições sobre a nova linha que a Volkswagen terá para, finalmente, tentar voltar ao topo do ranking de vendas:

+CUV A0: é o "mini-SUV" que chegará como substituto do CrossFox: trata-se, de fato, de um CUV (abreviação em inglês para "utilitário crossover"). Na imagem ele aparece descrito como "A0", ou seja, derivado da plataforma do Polo, muito provavelmente com o mesmo entre-eixos do próprio hatch: 2,56 metros. Deve chegar entre 2019 e 20.

+T-Cross: SUV compacto já confirmado para o Brasil. Ele vem rodando em testes há meses usando a carroceria de uma Golf Variant como mula, e terá produção iniciada em maio do ano que vem. Maior que o substituto do CrossoFox, terá entre-eixos do Virtus (2,65 metros) e brigará diretamente com o Honda HR-V.

+Saveiro NF: a sigla vem de "Nova Família" ("NF", no slide), que provavelmente é a anunciada picape derivada da mesma plataforma MQB A0 do Polo. Apesar de manter o nome atual, a Nova Saveiro ganha em espaço (porte será similar ao da Renault Duster Oroch) e equipamentos ao usar a base do Polo.

+Gol e Voyage AQ: é a primeira de um total de duas atualizações programadas para a família Gol. Esta, em específico, sob a abreviação "AQ", se refere à substituição da caixa de câmbio automatizada I-Motion por uma da família Aisin AQ Tiptronic, automática de seis marchas que equipa o Polo TSI e deve pintar já no ano que vem.

+A00 (sucessor do Gol): a segunda mudança no Gol é mais interessante, porque representa uma troca de geração, provavelmente em 2020. Repare que o projeto é tratado como "sucessor", indicando que talvez o nome não seja mantido (embora em recente entrevista a UOL Carros o chefão global da marca, Herbert Diess, tenha dado todos os indícios de que o nome perdura). Terá dimensões menores que as do Polo (entre-eixos pouco acima de 2,50 metros) e servirá como carro de entrada da marca.

+Fox Connect e Xtreme: simplificação da gama do Fox, programada já para 2018, até a inevitável aposentadoria do hatch altinho e substituição pelo "mini-SUV". Ambas serão versões com motor 1.6 MSI, porém com "pegadas" distintas: urbana (Connect) ou aventureira (Xtreme).

+Polo e Virtus GTS: versões e caráter esportivo da família, preparadas para surgir entre 2018 e 19. Motorização ainda é um mistério. A Volkswagen vai aproveitar o propulsor 1.0 TSI de 128 cv das versões "civis" mais caras ou ousará colocar no cofre o 1.4 TSI de 150 cv? Fica a expectativa.

+Golf PA: facelift da atual geração do Golf, que deve ser lançada ainda no primeiro trimestre de 2018 e continua a ser produzida em São José dos Pinhais (PR), desfazendo os rumores de que voltaria a ser comercializado no Brasil como importado.

+Tarek: outra novidade bombástica é que o tão aguardado SUV médio-compacto criado para rivalizar com o Jeep Compass. Ele se chamará Tarek, não Tharu. E será feito na Argentina, de fato, chegando em 2020. "Este foi o único modelo do qual nos passaram informações mais detalhadas no jantar. Será fabricado em Pacheco [Argentina] e lançado em 2020", nos contou Tonelli. "Tarek" é uma derivação de um nome árabe, Tarik, que significa "estrela vespertina".

+Amarok: picape média continuará sendo produzida na Argentina e em breve ganhará versões com motor V6 turbodiesel. O slide não faz qualquer menção a uma possível troca de geração do modelo, cuja base atual é de 2010.

+Tiguan: também será lançado em 2018, importado do México na configuração para sete pessoas. Ficará posicionado acima de T-Cross e Tarek, com 2,71 metros de entre-eixos.

+Jetta NF: nova geração do sedã médio deve aportar também em meados do ano que vem, importada do México.

+Passat PA: atualização de meia-vida da atual geração do tecnológico sedã grande, que é importado da Europa e possui volume de vendas bastante baixo no Brasil.

+Atlas: a grande incógnita da lista. Modelo está confirmado para a Argentina, conforme mostre o slide, por chegar por importação direta. Mas haveria espaço em nossas apertadas ruas para um SUV tão grandalhão? A Volkswagen local não dá pistas, enquanto a Volkswagen America garante que o modelo tem pretensões apenas para aquele mercado. Se vier, será importado do México, mas nossa aposta é que deve se manter longe do Brasil.

Consultada por nossa reportagem, a Volkswagen do Brasil informou que não entrará em detalhes sobre futuros lançamentos. “Conforme a Volkswagen do Brasil já anunciou, a empresa planeja lançar 20 novos produtos até 2020, a partir do lançamento do Polo. Os detalhes de cada um destes produtos serão apresentados por ocasião de seus lançamentos”, disse a empresa em nota.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Segredos automotivos

Topo