Testes e lançamentos

Novo Ford Fiesta chega em dezembro por R$ 56.690 chamando Polo para a briga

André Deliberato

Do UOL, em Cesário Lange (SP)

23/11/2017 10h00

A Ford mostra nesta quinta-feira (23) a linha 2018 do Fiesta, que começa a ser vendida oficialmente em dezembro custando entre R$ 56.690 e R$ 75.190. O visual é mesmo aquele antecipado por UOL Carros no começo deste mês.

Segundo a marca, além de redesenhado por fora e por dentro, a proposta do carro também foi totalmente renovada, "agregando valor em todas as versões, de diferentes faixas de preço". A "mudança" é clara e tem na mira o novo Volkswagen Polo, um dos carros que deve se tornar a referência de qualidade e conjunto mecânico da categoria de hatches compactos premium.

"O New Fiesta praticamente criou o segmento de compactos premium. Por isso, é ideal para quem quer um carro completo, de estilo diferenciado, com tecnologias de segmento superior e excepcional dirigibilidade, sem abrir mão da praticidade do tamanho compacto", ressalta Mauricio Greco, gerente de Marketing da Ford.            

"O carro traz nova proposta, mais refinada e completa, para aumentar sua participação dentro da categoria", complementa Fernando Pfeiffer, gerente de produto da marca.

Veja mais

Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
UOL Carros no Twitter
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Siga também UOL Carros no Instagram

Mesma linha de motores

O novo Fiesta vai manter os dois motores da linha atual, o 1.6 Sigma TiVCT flex de 128/125 cv (etanol/gasolina) e o 1.0 EcoBoost de 125 cv (somente a gasolina), e as opções de câmbio manual de cinco marchas ou automatizada de dupla embreagem e seis velocidades -- trata-se da famosa e conhecida Powershift, que a marca prefere atualmente chamar de "automática sequencial".

Visualmente, as principais mudanças no desenho externo se concentram na parte frontal, que tem grade com apliques cromados que se intercalam com outros pintados de preto, formando um pontilhismo, para-choques redesenhado com novo posicionamento dos faróis de neblina e pequenas diferenças na disposição interna dos faróis -- que agora têm um canhão principal e LED na configuração mais cara. De acordo com a Ford, as linhas são inspiradas no superesportivo Ford GT. 

Na traseira o carro ganha aplique no para-choques e lanternas com assinatura em LED (somente na versão Titanium, de topo). Por dentro, a maior novidade fica por conta da central multimídia Sync de terceira geração -- que traz tela de 6,5 polegadas e recursos de conectividade com diversos aplicativos, incluindo Apple CarPlay e Android Auto -- e da inédita câmera-de ré. Vale ressaltar, no entanto, que o Sync 3 será oferecido somente a partir da versão SE Plus.

Segundo a Ford, o New Fiesta ainda ficou mais seguro graças a reforços na carroceria que aumentam a proteção contra impactos laterais, atendendo aos padrões mais exigentes das normas internacionais e já prevendo novas rodadas de teste do Latin NCAP, cada vez mais rigoroso -- prova disso é que o irmão Ka zerou sua nota por não ter justamente tais proteções.

Para completar, a fabricante diz ter feito também um novo ajuste nas suspensões, que contribuem para aprimorar o conforto do carro ao rodar.

Relembre: Ford Fiesta foi bem no Latin NCAP em 2012, com 4 e 4 estrelas

Confira a lista de versões do Fiesta 2018:

+ Ford Fiesta 1.6 SE M/T: R$ 56.690
Versão de entrada do modelo, traz de série direção com assistência elétrica; ar-condicionado; alarme; trava, retrovisores e vidros dianteiros elétricos; computador de bordo; central multimídia Sync 1 com AppLink; sensor de estacionamento traseiro; faróis de neblina e rodas de aço de 15 polegadas com calotas, além dos obrigatórios freios com ABS (antitravamento) e airbag duplo frontal.

+ Ford Fiesta 1.6 SE Style M/T: R$ 59.590
Traz todos os itens da configuração anterior com o acréscimo de itens exclusivos do pacote Style, como roda de liga aro 16, grade dianteira diferenciada e retrovisores e moldura do farol de neblina pintados de preto.

+ Ford Fiesta 1.6 SE Plus A/T: R$ 62.390
É a primeira versão sem pedal de embreagem -- o Fiesta SE Plus usa a caixa de câmbio automatizada de seis marchas e dupla embreagem, outrora chamada de "Powershift". No pacote de equipamentos, agrega ao conteúdo já citado controle de tração e estabilidade (ESP); assistente de partida em rampa e vidros elétricos traseiros, além de substituir a sistema de entretenimento Sync 1 pela central multimídia Sync 3, que oferece CarPlay e AndroidAuto.

+ Ford Fiesta 1.6 SEL: R$ 61.090 (M/T) e R$ 65.390 (A/T)
Configuração intermediária do Fiesta, a SEL 1.6 traz tudo que é disponível no pacote SE, mas tem como diferenciais o ar-condicionado digital e as rodas de liga aro 15 (no SE, elas são de aço e cobertas por calota).

+ Ford Fiesta 1.0 EcoBoost Style A/T: R$ 69.790
Entre a versão do meio "SEL" e a de topo "Titanium", a Ford vai oferecer a configuração com motor 1.0 turbo EcoBoost do Fiesta, que passa a se chamar EcoBoost Style e ser a única equipada com o motor menor -- na linha 2017, o Fiesta EcoBoost podia ser encontrado nas versões SEL e Titanium. Traz o mesmo pacote de equipamentos da versão SEL A/T e recursos estéticos da configuração SE Style, mas utilizada a caixa de câmbio Powershit em vez de transmissão manual.

+ Ford Fiesta 1.6 Titanium A/T: R$ 71.190
No topo da gama encontra-se o Fiesta Titanium 1.6 A/T, que oferece tudo que já foi descrito (com rodas de liga de 16 polegadas) e mais um sistema de navegação por GPS; câmera-de-ré; banco com revestimento parcial de couro e faróis e lanternas em LED com luzes diurnas (DRL). 

+ Ford Fiesta 1.6 Titanium Plus A/T: R$ 75.190
Quem quiser ainda mais equipamentos pode partir para a versão mais completa (e mais cara) de todas, a Titanium Plus, que tem tudo que já foi citado com o acréscimo de itens como bancos de couro; sete airbags; botão de partida; acesso sem chave; faróis com acendimento automático; sensor de chuva e retrovisor eletrocrômico.

Enxugada

Na prática, a Ford diminuiu o número de versões, matou a versão Sport (que deu lugar ao pacote Style disponível para as configurações SE e EcoBoost) e transformou as duas versões antigas equipadas com o motor 1.0 turbo (SEL e Titanium) em uma única versão, a EcoBoost Style, que une justamente o nome do motor e o pacote esportivo.

Ao todo, são seis opções de cores: vermelho Vermont, azul Califórnia e preto Bristol (perolizadas), prata Dublin (metálica) e vermelho Arizona e branco Ártico (sólidas). O Fiesta tem três anos de garantia total, mas vale lembrar que o câmbio Powershift tem cobertura de até dez anos depois de ordem do Procon.

Segundo a marca, o carro terá custos de manutenção e peças competitivos por meio de revisões a preços fixos e seguirá oferecendo os planos "Ford Protect Advanced", que, entre outras aplicações, aumenta a garantia de fábrica para quatro anos; e "Ford Protect Premium", que amplia a cobertura em garantia para cinco anos.

Divulgação
Retoque no visual é polêmico: dianteira ganhou para-choques controverso; lanternas são no mínimo estranhas Imagem: Divulgação

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Testes e lançamentos

Topo