Testes e lançamentos

Novo Renault Duster já tem cara; só falta preço e data de chegada

Torsten Klinkow/Divulgação
Novo Renault Duster é mostrado pela matriz francesa; até então, apenas modelo Dacia havia sido revelado Imagem: Torsten Klinkow/Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

15/11/2017 16h42

Em agosto, a romena Dacia havia mostrado seu novo Duster, que UOL Carros viu de pertinho no Salão de Frankfurt em seguida: frente inspirada nos SUVs da Land Rover, acabamento e equipamentos melhorados. Mas faltava maior proximidade com a gente. Pois é, agora a Renault mostra o visual do seu novo Duster. Trata-se do modelo para o mercado europeu ocidental, claro -- a definição para Brasil deve acontecer em 2018, até o Salão de São Paulo.

Além do óbvio diamante da Renault ornando a frente do modelo, o novo Duster da marca francesa tem alguns detalhes mais classudos que os do original romeno: os faróis de LED trazem detalhes cromados mais refinados e a grade usa o tema de múltiplos elementos horizontais (no Dacia, a grade tinha colmeias trapezoidais, que também eram bonitas), o mesmo da picape Alaskan -- ou seja, a Renault vai ter uma cara específica para modelos de maior porte.

Também há mais refino no rack de teto, cujas barras são feitas de alumínio. As rodas têm aro de 17 polegadas, enquanto o skid plates (as proteções logo abaixo dos para-choques são mais proeminentes. A Renault trata ainda de destacar que o Duster é um modelo compacto com opção de tração 4x4 a preços acessíveis.

Veja mais

+ Especial: Como é feito um carro
Especial: Em cinco anos, Onix e HB20 mudaram mercado
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram de UOL Carros

Torsten Klinkow/Divulgação
Este é o interior do novo Renault Duster francês: maior egonomia Imagem: Torsten Klinkow/Divulgação

Por dentro, também há mudanças para deixar tudo com aspecto de mais refinado. Na prática, temos os mesmos equipamentos, mas alguns botões estão mais ergonômicos, o painel de instrumentos tem melhor visibilidade, a central MediaNav está mais inclinada facilitando a leitura mesmo sob sol forte e as saídas de ar são retangulares -- ainda que as teclas de controle de cruzeiro sigam bizarramente à frente do freio de mão. No modelo francês há também novas texturas de plástico, ainda que se mantenha duro.

Melhor parte do novo Duster é que, mesmo mantendo a mesma plataforma, há um deslocamento do arco do para-brisa e da coluna A em 10 centímetros, bem como um reposicionamento dos bancos, o que aumenta conforto e segurança dos ocupantes dianteiros, pelo menos na teoria. E o porta-malas tem subcompartimentos.   

Quando viu e experimentou a egonomia do novo Dacia Duster em Frankfurt, UOL Carros ouviu de fonte ligada à Renault brasileira que o Duster nacional manterá seu intervalo regular de atualização: "A Dacia mostra o original europeu e a Renault do Brasil leva de um ano e meio a dois anos para nacionalizar as mudanças". Traduzindo: aparição no Salão de São Paulo, em novembro do ano que vem,chegada às lojas no começo de 2019. Mas falta a data precisa.

É possível que este visual mais classudo venha para o modelo nacional, assim como a mudança da coluna A e da ergonomia, mas isto também levará à definição de novos preços. Vamos aguardar. Enquanto isso, reveja o vídeo do Dacia Duster em Frankfurt:

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Testes e lançamentos

Topo