Testes e lançamentos

Chevrolet Tracker 2018 terá ESP só na versão Premier; veja os preços do SUV

Divulgação
Imagem: Divulgação

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

31/10/2017 00h01Atualizada em 01/11/2017 13h37

Aos poucos a Chevrolet começa a expandir a linha mais sofisticada de sua gama, chamada Premier, que estreou recentemente com a chegada do Equinox. O segundo modelo a ganhar tal nomenclatura é o Tracker, que chega às lojas nas próximas semanas como linha 2018 custando entre R$ 85.890 e R$ 99.990.

Com a nova configuração, a marca planeja dobrar o número de vendas do SUV compacto em 2018 -- foram 7.923 unidades vendidas de janeiro a setembro deste ano, média de 880 carros/mês.

Caso a meta se cumpra, a média de 1.800 unidades mensais faria do Tracker o sexto SUV compacto mais vendido do país, atrás de Honda HR-V, Jeep Renegade, Hyundai Creta, Nissan Kicks e Ford EcoSport, superando Renault Duster e Peugeot 2008, que estão à frente do modelo da Chevrolet em vendas em 2017.

"Tivemos dificuldades com o Tracker por conta da fabricação do carro em outro país, mas a partir de agora aumentamos a cota e temos condições de suprir a demanda. É um carro com muito potencial e o utilitário esportivo que trouxe mais avanços tecnológicos para o segmento", explica Rodrigo Fioco, diretor de Marketing de Produto da Chevrolet.

"Acreditamos que a partir de agora, com um leque mais completo de configurações e o crescente volume de importação, o Tracker avance gradualmente em vendas e contribua para fortalecer a liderança da marca no mercado brasileiro", projeta o executivo, reforçado que o lançamento do Equinox também faz parte da estratégia, pois aumenta a presença da Chevrolet de forma geral no segmento de SUVs.

Veja mais

Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe

Divulgação
Interior do Tracker Premier tem acabamento mais refinado, com materiais mais nobres e detalhes pintados Imagem: Divulgação

Como é o carro

Resumidamente, a versão LTZ fui substituída pela Premier, que se subdivide em duas: Premier 1 e Premier 2. A principal novidade é a adoção dos controles eletrônicos de tração e estabilidade (ausentes em qualquer configuração do utilitário até hoje), mas que se reserva apenas às versões de topo -- a configuração de entrada LT segue à venda, mas com pacote de equipamentos inferior.

Todas são equipadas com o motor 1.4 turboflex de até 153 cavalos e 24,5 kgfm de torque aliado à caixa de câmbio automática de seis marchas -- que, segundo a marca, forma um conjunto capaz de fazê-lo arrancar de 0 a 100 km/h em 9,4 segundos e chegar a uma velocidade máxima próxima dos 200 km/h.

Confira as versões:

+ Tracker LT 2018: R$ 85.890
A única novidade é a nova cor vermelha (Vermelho Glory, que estreou no Equinox) e repetidores de pisca nos retrovisores externos. Fora isso, traz os mesmos itens da linha 2017: freios com ABS e airbag duplo frontal, cintos de segurança traseiros com três pontos, faróis e lanterna de neblina, faróis com regulagem de altura, sistema de fixação de cadeirinhas infantis ("Isofix") e roda de alumínio aro 16, na parte de segurança; e rack de teto, chave canivete, ar-condicionado, direção elétrica, sistema stop-start (que desliga e religa o motor em paradas rápidas do carro para economizar combustível -- que não permite ser desativado, diga-se), coluna de direção ajustável em altura e profundidade, computador de bordo (com informações sobre consumo, velocidade, autonomia, hodômetro e vida útil do óleo), controlador automático de velocidade (piloto automático) com comandos no volante, desembaçador elétrico do vidro traseiro, retrovisores externos com ajuste elétrico, regulador de intensidade da iluminação do painel de instrumentos, banco do motorista com regulagem de altura e vidro elétrico com acionamento por "um toque" na parte de acabamento -- mas,vale dizer, o revestimento dos bancos é de tecido. Entre os itens de conectividade, o Tracker LT vem equipado com o sistema MyLink com tela de LCD de sete polegadas sensível ao toque que permite integração com smartphones (via AndroidAuto e Apple CarPlay).

+ Tracker Premier I 2018: R$ 96.790
Agrega ao pacote anterior os diferenciais da versão "diferenciada", como a marca classifica, como acabamento mais refinado "soft touch" (toques suaves, em inglês), bancos de figurino mais elegante, e molduras e detalhes internos pintados de preto. Mas o grande diferencial está na incorporação do controle eletrônico de tração e estabilidade (ESP), algo inexistente até hoje na linha Tracker. A configuração Premier I ainda possui assistente de partida em rampas, câmera-de-ré com alerta de movimentação traseira e alerta de ponto cego nos retrovisores. Entre os equipamentos, se comparado ao Tracker LT, ganha faróis dianteiros com luz diurna em LED, lanterna de LED, sensor de estacionamento traseiro, regulagem de altura dos faróis, banco do motorista com regulagem elétrica de lombar e descansa braço, descansa braço traseiro com porta-copos, botão para partida sem chave, porta-objetos embaixo do banco do passageiro e no teto, rodas de 18 polegadas e teto solar elétrico.

+ Tracker Premier II 2018: R$ 99.990
Por R$ 3.200 a mais, o Tracker Premier II recebe os sistemas semi-autônomos de condução que conhecemos do Cruze: assistente de saída de faixa (que, ao contrário do que acontece no sedã, não corrige a posição do volante caso o carro escape do traçado sem utilizar as setas), alerta de colisão frontal e airbags laterais e de cortina.

Todas vêm equipadas com a tecnologia OnStar, que permite ao usuário comandar diversas funções do veículo por meio do smartphone, ter acesso a serviços de segurança, concierge, emergência e navegação. As entregas começam nos primeiros dias de novembro.

Divulgação
Tracker também recebe na linha 2018 os sistemas semi-autônomos de condução que conhecemos do Cruze Imagem: Divulgação

Creta vs. Tracker: quem pode desafiar o HR-V?

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Testes e lançamentos

Topo