Topo

Testes e lançamentos

BMW revela inédito X2 e confirma estreia do suvinho no Brasil em 2018

Do UOL, em São Paulo (SP)

25/10/2017 16h57

Fim do mistério: depois do sucesso criado pelo conceito X2 Concept mostrado nos Salões de Paris e São Paulo, a BMW revelou na tarde desta quarta-feira (25) o visual do inédito X2, SUV compacto acupezado que estreia em nosso país no ano que vem.

A marca também confirmou março como mês de lançamento global do modelo, mas não revelou em que data do ano que vem o carro chega por aqui -- e se ele será importado ou feito localmente. Na opinião de UOL Carros, para o X2 "fazer sentido", ele teria de ser produzido na fábrica da BMW em Araquari (SC).

Segundo comunicado divulgado nesta quarta, o modelo terá em "mercados globais" os motores TwinPower Turbo de quatro cilindros movidos a gasolina (192 cv) ou diesel (190 cv ou 231 cv) e conectados a caixas de câmbio de sete ou oito marchas.

Mas UOL Carros aposta que o X2 vendido no Brasil deverá ser equipado com motor 2.0 de quatro cilindros (184 cv) e poderá ter versões 1.5 de três cilindros (136 cv), ambos sobrealimentados por turbo e preparados para beber gasolina e etanol.

Veja mais

Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe

Mais músculo, menos ousadia

Era de se esperar que o design do carro fosse ficar menos empolgante que o do protótipo exibido nos salões: a dianteira é menos arrojada, com faróis menos afilados e grades mais exageradas, e as tomadas de ar do para-choques possuem traços mais convencionais. Chama a atenção no carro mostrado nesta tarde a posição dos faróis de neblina na faixa central do para-choque, e não na base.

Linha de cintura é bastante elevada, tal qual a do protótipo, mas a lateral parece mais abaulada e musculosa. Isso afasta da versão real a silhueta de uma perua. Os traços conversam de forma harmoniosa.

Na traseira, as lanternas bipartidas são bastante largas, como algumas imagens antecipadas previram, e o para-choque é bem bojudo. A tampa do porta-malas com miolo curvado para dentro e nicho de placas posicionado para baixo remetem a uma escola mais coreana de design.

BMW X2 usará mesma base do X1, que cresceu e agora é flex

UOL Carros

Carro-chefe

Por aqui, o "suvinho-cupê" dividirá plataforma compacta de tração dianteira com o X1, montado na fábrica catarinense, e esse estilo mais dinâmico e moderninho tem tudo para fazer dele o carro-chefe da marca em vendas no país.

Quais serão seus rivais? Bem... se um X1 atualmente custa entre R$ 180 mil e R$ 220 mil, é de se esperar que o X2 varie acima deste patamar na configuração 2.0. Vai bater de frente com Range Rover Evoque, mas também terá Porsche Macan e o novo Volvo XC60 como rivais em potencial.

Mais Testes e lançamentos