Seu Automóvel

Nova gasolina da Shell promete limpar 80% do motor com apenas um tanque

Divulgação
Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Colaboração para o UOL

05/10/2017 18h25

A qualidade do combustível é um dos itens que mais influencia no consumo e no desempenho de um automóvel, especialmente nos modelos mais recentes, que têm motores que seguem a receita do "downsizing" -- que trabalham mais próximos do "limite", com menor folga entre componentes internos e, em muitos casos, maior taxa de compressão. Isso os submetem a temperaturas maiores e maior formação de resíduos, fatos que exigem lubrificação mais eficiente.

De olho nisso, a Shell lançou nesta quinta-feira (5) no Brasil a nova geração da gasolina aditivada V-Power Nitro+, agora rebatizada e chamada simplesmente de V-Power. A novidade terá divulgação na TV, redes sociais e na rede de 6.000 postos da marca britânica a partir do próximo dia 16 de outubro.

De acordo com a Raízen, companhia licenciada da empresa em nosso país, esta nova gasolina permite remover até 80% da sujeira formada nos bicos injetores após o primeiro abastecimento. Além disso, a fabricante disse que a nova formulação traz 40% mais moléculas de limpeza e maior capacidade de redução no atrito das partes internas -- essa combinação resulta em melhor resposta nas acelerações, deixando o carro mais "esperto", e menor consumo de combustível.

As melhorias também foram aplicadas à V-Power Racing, a gasolina de alta octanagem da Shell criada para modelos mais esportivos.

Faltou divulgar consumo...

Chamada de Dynaflex, a nova tecnologia é a mesma utilizada pela Ferrari na F1. Com ela, a scuderia conseguiu desde 2014 um ganho de 23% na performance, além da redução em meio segundo no tempo de volta com os carros pilotados por Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen -- a Raízen, porém, não divulga estimativa de ganhos em aceleração e consumo para os carros produzidos por aqui.

"Não divulgamos os números porque eles variam bastante e dependem de muitos aspectos, como o modelo do veículo, estilo de condução e condições da via e da topografia. Mas podemos garantir que essa nova formulação melhora a experiência do motorista, ajudando a reduzir não só o consumo, mas também as emissões de poluentes, além de proteger componentes do motor, elevando a vida útil e diminuindo custos de manutenção", garante Eduardo Wantuil, diretor de marketing da Raízen.

Os avanços revelados nesta quinta são resultado de cinco anos de pesquisa e foram pensados para atender também motores flex e movidos com a gasolina brasileira, que tem até 27% de etanol em sua composição -- contra apenas 5% na Europa. Segundo Gilberto Pose, coordenador de combustíveis da Raízen, três modelos de automóvel brasileiros com motor bicombustível foram enviados à Alemanha para ser avaliados com a nova V-Power.

Alessandro Reis/UOL
Gilberto Pose, coordenador de combustíveis da Raízen: "Nova V-Power pode ficar até 18 meses parada se armazenada adequadamente" Imagem: Alessandro Reis/UOL

Como funciona

A V-Power 2017 conta com detergentes para remover os resíduos internos resultantes da queima do combustível e do óleo lubrificante, principalmente junto às válvulas e aos bicos injetores, além de um dispersante para quebrar as moléculas da sujeira removida, que é finalmente eliminada na câmara de combustão. Para completar, há uma nova formulação de componente redutor de atritos.

"Os motores atuais são muito mais sujeitos a altas temperaturas e pressões, com folgas menores. Nosso redutor de atrito se incorpora magneticamente à parede dos cilindros desde a primeira partida do motor e funciona durante todos os ciclos da combustão. Além disso, ela é uma gasolina estável, que pode durar até 18 meses se armazenada adequadamente, contra seis meses da gasolina comum", completa o executivo.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Seu Automóvel

Topo