Seu Automóvel

Fiat Mobi vai melhor, mas só um pouco, do que o Onix em teste de segurança

Alessandro Reis

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

01/08/2017 17h39

Citycar "passou raspando" em avaliação que zerou nota do modelo da Chevrolet e tirou uma estrela; assista ao crash test

Subcompacto da Fiat lançado em abril do ano passado e atualmente entre os 10 carros mais vendidos do Brasil, o Mobi foi mal avaliado na oitava rodada de testes de impacto promovida pelo Latin NCAP, programa de segurança viária para os mercados da América Latina e do Caribe.

Segundo o órgão, o hatch obteve "resultados muito fracos” na rodada de testes divulgada nesta terça-feira (1º), sendo avaliado com uma estrela (de um total de cinco) na proteção para adultos (19,20 pontos de 34 possíveis) e duas para crianças (26,98 de 49).

De acordo com Alejandro Furas, secretário-geral do Latin NCAP, a má avaliação do Mobi está relacionada ao teste de impacto lateral a 50 km/h, no qual houve "alta penetração e deformação importante na coluna B (central, entre as portas), similar à que vimos no [Chevrolet] Onix".

O executivo se referia ao teste com o Onix divulgado em maio, que resultou em nota zero para o carro mais vendido do país. O principal motivo da reprovação foi justamente a avaliação de impacto lateral. No caso, o modelo da Fiat “passou raspando”. 

Divulgação
Teste lateral foi o que mais tirou pontos do Mobi, tanto em proteção para adultos quanto crianças Imagem: Divulgação

De frente, até que foi bem

Quanto ao teste de colisão frontal, o Mobi apresentou “bons resultados”, segundo Furas, com pouca deformação estrutural e boa proteção aos ocupantes adultos – a versão avaliada foi a Easy, de entrada, equipada de série com airbag frontal duplo e freios ABS, itens obrigatórios no Brasil.

Já a proteção para crianças ficou em duas estrelas, de acordo com o Latin NCAP, por conta do fraco desempenho na batida lateral e também devido às ausências de ganchos Isofix para a fixação de cadeirinhas infantis e de cinto de segurança de três pontos na posição central do banco traseiro.

De fato, esses itens não estão disponíveis nem como opcionais no Mobi brasileiro, embora o Isofix esteja presente na configuração exportada para a Argentina.

Na época do lançamento do Mobi, Carlos Eugênio Dutra, diretor de Planejamento de Estratégia de Produto da FCA, foi questionado sobre a falta dos ganchos e, na ocasião, disse que esse item de segurança não era uma demanda prioritária dos clientes.

Desde 2016 o Latin NCAP adota critérios mais rígidos de avaliação. Além do teste de impacto frontal a 64 km/h e da colisão lateral já citada, é realizado também um teste de impacto contra poste e aferição da eficiência do controle eletrônico de estabilidade, quando disponível (como o Mobi não dispõe da assistência, acabou perdendo mais alguns pontos).

Os testes são feitos na ordem citada e, se determinado veículo zerar nos primeiros, os demais nem são realizados.

Kia Rio (o novo) e minivan

A nova geração do Kia Rio sedã -- que será lançado no Brasil em 2018 em configuração mais segura, já que por aqui ABS e airbags frontais são obrigatórios -- foi submetida à avaliação em configuração desprovida de sistema antitravamento e controle de estabilidade, e com apenas airbag para o motorista, conforme é comercializada em outros mercados da America Latina.

Não fossem essas deficiências, ele teria resultado melhor. “No impacto lateral, é um carro que, embora sem airbag para o passageiro dianteiro, consegue oferecer boa proteção para os ocupantes adultos e crianças”, analisou Furas. Resultado: duas estrelas para adultos e duas para crianças. Esse teste, informou o Latin NCAP, foi patrocinado

A oitava rodada do programa também testou a minivan chinesa Chevrolet N300, que não é comercializada por aqui e, sem airbags, ABS nem controle de estabilidade, zerou a nota de proteção para passageiros e levou apenas uma estrela para crianças.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Seu Automóvel

Topo