Testes e lançamentos

Kwid bomba com tática do "milão no cartão" e tem 5 mil reservas em 20 dias

Leonardo Felix

Do UOL, em São Paulo (SP)

28/06/2017 08h00

Marca guarda segredo, mas fontes falam em milhares de clientes interessados; entenda como funciona a pré-venda do modelo

Não dá para negar: a Renault soube evitar os erros cometidos pela Fiat com o Mobi e acertou em cheio na tática de pré-lançamento do Kwid. Apresentado no Salão de Buenos Aires, há 20 dias, o subcompacto entrou em inovador sistema de reserva com sinal de R$ 1.000 parcelável em três vezes no cartão de crédito.

Some a isso a tabela agressiva de preços, entre R$ 29.990 e R$ 39.990, mais a promessa de entregar um veículo ao mesmo tempo pequeno, espaçoso (não é à toa que a marca o chama de "mini-SUV") e econômico. Pronto: a procura pelo citycar vem superando até os prognósticos mais otimistas da marca.

Embora os números oficiais sejam mantidos sob extremo sigilo, UOL Carros apurou que após 20 dias a demanda já é pelo menos duas vezes e meia maior do que o volume planejado inicialmente.

De acordo com o regulamento do programa, um lote com módicas 400 unidades seriam destinadas à pré-venda. Entretanto, todas elas foram reservadas em apenas 48 horas, levando a marca a disponibilizar outros 1.600 exemplares.

Só que esses também já foram esgotados. Segundo fontes consultadas pela nossa reportagem, até a noite de terça-feira (27) a quantidade de reservas já teria batido a casa de 5 mil. A seguir nesse ritmo, em um mês o programa alcançará 7,5 mil pré-vendas, quase o mesmo volume mensal de emplacamentos do Sandero (atual quarto carro mais vendido do país).   

Só em São Paulo há concessionárias com mais de 200 pré-vendas fechadas. "Aqui finalizamos umas 10 por dia", contou um vendedor que não quis se identificar. Procurada, a Renault não confirma os números.

Até a publicação da reportagem a montadora também não respondeu se conseguirá entregar todos os carros encomendados dentro do prazo estipulado pelo regulamento do programa: entre agosto e setembro, "com prazos de alterações de até 30 dias".

Entenda receita do Kwid para sair tão barato

Eles já reservaram

Conversamos com futuros donos do Kwid que já realizaram a pré-aquisição em um grupo dedicado ao modelo no Facebook. Embora nem tenha visto o carrinho de perto ainda, a maioria confia que não vai se arrepender da escolha.

"O Kwid se encaixa no que procuro: compacto, mas com design arrojado e economia de combustível. Meu primeiro carro foi um Renault, o atual também é e nunca tive problemas. Minha experiência com a marca sempre foi ótima, por isso não foi difícil dar um voto de confiança", contou a psicóloga Estefânia Hikari, de Florianópolis (SC).

"Eu estava procuranco seminovos de até R$ 25 mil, e achei ótimas as condições do Kwid. Vale a pena pagar a diferença. Um carro zero com as funções dele está bem mais caro", acrescentou a enfermeira Tamires Fernanda, de São Paulo (SP).

"Preferi pagar os R$ 1.000 logo e garantir o preço antes que reajustem. Me chamou muita atenção a altura dele", relatou a também enfermeira Carolina Cavalheiro, do Rio de Janeiro (RJ).

Reprodução
Interface inicial do hotsite de pré-venda Kwid: caminho para efetuar a reserva é bastante simples Imagem: Reprodução

Eles preferiram esperar

Houve, também, quem tenha optado por "segurar a onda". Neste caso, a estratégia será aguardar o lançamento para conhecer o carro e, só então, definir a compra. 

"Eu até fiz a reserva, mas só vou decidir mesmo depois que fizer o test-drive", disse o servidor público Bruno Piovesam, de Curitiba (PR). "Os vendedores me garantiram que haverá devolução [do sinal] em caso de desistência, e estou na dúvida se levo o Kwid ou um Sandero, que entrega mais espaço a preço um pouco maior", seguiu.

"Quase reservei, mas estou aguardando chegar nas concessionárias para ver se vai mesmo atender às minhas necessidades. Tenho criança pequena e quero ver como será o espaço interno", explicou a turismóloga Karmyellen Fernandes, de Paranaíba (MS).

Como fazer

Para comprar o Kwid é preciso entrar no hotsite ou comparecer a uma revenda. O pagamento do sinal é feito em cartão de crédito, à vista ou parcelado em três vezes. Somente as bandeiras Visa e MasterCard são aceitas. Além de dar prioridade na entrega das unidades, a Renault oferecerá a primeira revisão gratuitamente a quem participar da pré-venda.

Reprodução
Hotsite do Kwid tem até uma sala de bate-papo para tirar dúvidas sobre o carro. Parece ótimo, mas tentamos interagir com a ferramenta e tudo que recebemos de volta foram mensagens de erro... Imagem: Reprodução
Valor será, obviamente, abatido do custo total do carro. Plano de financiamento prevê entrada mínima de R$ 9.990 para a versão de entrada Life, com parcelas a partir de R$ 499.

Finalização da compra tem que ocorrer até 31 de julho. A concessionária escolhida entrará em contato com o cliente para informar o valor final e este tem um prazo de sete dias úteis para ir ao local fechar o negócio. Se o pagamento total ou da entrada não for realizado até 30 de setembro, a fabricante considerará o acordo desfeito.

Caso o comprador desista da reserva, deve comunicar a marca via SAC (em caso de adesão via hotsite) ou diretamente na concessionária. Reembolso será feito em prazo de cinco dias úteis e pode acabar lançado somente na fatura seguinte do cartão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Testes e lançamentos

Topo