Testes e lançamentos

Peugeot antecipa chegada e aposta pesado no 3008, que virou SUV; assista

Do UOL, em São Paulo (SP)

06/06/2017 20h32

Ex-minivan, modelo já está em pré-venda e estreia no final do mês

A Peugeot vai apostar boa parte de suas fichas na nova geração do 3008, que deixa oficialmente de ser uma minivan e passa a ser um SUV: seguindo a grande tendência do mercado dos últimos anos, a marca espera vender o modelo na faixa intermediária, competindo com o Jeep Compass e o Hyundai ix35, por exemplo.

O lançamento do modelo está confirmado para o próximo dia 21 de junho, em evento dedicado no Rio de Janeiro (RJ), e para começar a atrair clientes a empresa já faz campanhas online para a pré-venda do automóvel.

Os preços ainda não foram revelados. Mas já há um site próprio para cadastrar interessados e vídeos para promover o modelo.

Foco na tecnologia 

Grande atração da Peugeot nos Salões de Paris e de São Paulo do ano passado, o 3008 assume de vez a identidade de SUV e um padrão ultra-tecnológico. Se um 3008 atual custa quase R$ 120 mil, não é difícil imaginar que a nova geração chegue cobrando entre R$ 130 mil e R$ 150 mil.

Sua chegada no meio deste ano já havia sido adianta por UOL Carros, que também já antecipou qual deveria ser seu trem-de-força: por aqui, ele será equipado com a configuração de 165 cv (a gasolina) do motor 1.6 THP (turbo), gerenciada por câmbio automático de seis marchas, que acabou de estrear no Citroën C3.

Por fora, o carro está 9 cm mais comprido e 6 cm mais longo em entre-eixos do que o antecessor, além de 100 kg mais leve -- graças ao uso da plataforma EMP2, a mesma do 308 europeu.

Entre os itens estarão: controle de estabilidade e tração em cinco níveis; assistente de subida e descida em rampas; frenagem automática emergencial; alertas anticolisão, de fadiga e de mudança involuntária da faixa; controle de cruzeiro adaptativo; sensores de ponto cego e câmeras com atuação em 360 graus, além do próprio assistente de estacionamento. Será destaque ainda o painel de instrumentos totalmente digital e configurável, com tela de 12,3 polegadas.

E o design?

Visual dianteiro do agora SUV é "vertical" e chapado, com porte musculoso e identidade visual muito bem delineada, com grade trapezoidal com efeito tridimensional nas divisórias, faróis seccionados por vincos simétricos e para-choque invadido por tomadas de ar e falso protetor. Há, como todo carro da PSA, certo exagero nos enxertos cromados.

Teto, colunas e até o topo da tampa do porta-malas possuem acabamento em tom contrastante. As lanternas, em LED, formam a tradicional assinatura das "garras de leão".

Murilo Góes/UOL
SUV está 9 cm maior e 6 cm mais longo em entre-eixos, além de 100 kg mais leve Imagem: Murilo Góes/UOL

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Testes e lançamentos

Topo