Seu Automóvel

Brasil investiga fabricantes que fraudavam preços de airbags e cintos

Joe Raedle/AFP
Além de defeituoso, airbag da Takata seria vendido a preço pré-definido em esquema de cartel... É mole? Imagem: Joe Raedle/AFP

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/06/2017 13h09

Denúncia envolve 29 executivos de cinco empresas e inclui a Takata, responsável pelo maior recall automotivo do mundo

A Superintendência-Geral do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) instaurou nesta sexta-feira (2) um processo administrativo para investigar esquema de cartel envolvendo o fornecimento de airbags, cintos de segurança e volantes. A prática seria internacional, com efeitos no mercado brasileiro.

Segundo o conselho, pelo menos cinco empresas estariam envolvidas: Autoliv, ZF TRW, Tokai Rika, Toyoda Gosei e... Takata, a responsável pelo megaescândalo dos airbags que podem se estilhaçar e ferir (até matar) ocupantes dos veículos caso acionados. Trata-se do maior recall do mundo na indústria automotiva.

O Cade afirma ter evidências de que tais companhias atuavam em conluio para estabelecer valores e condições comerciais favoráveis a seus interesses. Tabelas de preços, margens, volumes de produção e até percentuais de descontos concedidos às montadoras eram dados compartilhados e/ou definidos previamente entre elas.

Também há indícios de que as acusadas realizavam em conjunto uma divisão de mercado, definindo quais novas oportunidades de negócio poderiam ser aproveitadas por cada uma delas e quais espaços já ocupados deveriam ser respeitados.

Ainda conforme nota publicada pelo Cade, as práticas foram conduzidas por pelo menos 29 executivos dessas companhias, mediante trocas de e-mails, telefonemas e reuniões presenciais, de 2005 a 2011. O órgão ainda não divulgou nomes das pessoas físicas envolvidas.

Os acusados serão notificados para que possam apresentar defesa. A Superintendência, então, definirá se encaminha a denúncia ao Tribunal Administrativo ou opta pelo arquivamento. O tribunal é a instância responsável pelo julgamento definitivo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Seu Automóvel

Topo